Psicopedagogia

Estudo dos processos que envolvem a aprendizagem humana
Estudo dos processos que envolvem a aprendizagem humana

Psicologia

20/10/2010

A Psicopedagogia tem como objetivo central o estudo dos processos que envolvem a aprendizagem humana e suas dificuldades, tendo um caráter preventivo e terapêutico. Ao trabalhar com prevenção o psicopedagogo pode atuar não somente na escola, mas também com a família e toda a comunidade, de modo a oferecer orientações sobre as características do Desenvolvimento Humano nas diferentes fases, para que possam compreender e entender suas características evitando cobranças e atitudes que não são próprias da idade. Na atuação terapêutica o psicopedagogo irá identificar, analisar, planejar e intervir através do diagnóstico psicopedagógico e do tratamento (SAMPAIO, 2010).


Segundo Bossa (2000 apud Nunes, 2004) as primeiras situações que envolveram o atendimento de crianças com dificuldades de aprendizagem se deu na França no século XIX, onde o atendimento era feito por médicos, psicólogos, psicanalistas e psicopedagogos. A partir daí com o sucesso nestes atendimentos a prática se espalhou por diferentes países ao redor do mundo. Na Argentina se tornou uma prática muito comum e fazia parte dos atendimentos e atividades rotineiras sendo desenvolvida nas redes públicas de ensino.


Ainda de acordo com este autor a Psicopedagogia no Brasil surge sob forte influencia da Argentina, devido à proximidade entre os dois países e a presença de psicólogos argentinos ministrando cursos e desenvolvendo atividades em nosso país. No Brasil os primeiros cursos e experiências psicopedagógicas surgiram aproximadamente na década de 70, e em 19780 foi criada a Associação Brasileira de Psicopedagogia (ABPp). A ABPp tem sua sede em São Paulo, mais treze sessões em diferentes estados brasileiros e dez núcleos regionais. O grande desafio desta Associação é ver concluído o processo de regulamentação da profissão para que possa ampliar seu espaço de atendimento.


Para Nunes (2004) o conceito desta ciência sofreu alterações no decorrer dos anos e se tornou mais avançado ao considerar seu objeto de estudo o processo de aprendizagem e todas as suas variáveis. Seu objetivo passou a ser a investigação da causa das dificuldades, seus significados para a criança e para a família, sua modalidade de aprendizagem e as reais possibilidades de aprender.

Para Gonçalvez (2009) o psicopedagogo pode atuar em diversas áreas como escolar, clínica e empresarial. Na escola poderá contribuir para o esclarecimento de dúvidas de dificuldades de aprendizagem que não tem como causa apenas as deficiências dos alunos, mas que são consequências de problemas escolares, como por exemplo:

• Organização da escola;
• Métodos de ensino;
• Relação professor/aluno;
• Linguagem do professor dentro outros.


Trabalhando juntamente com os professores o psicopedagogo pode ajudá-los a entender os conceitos e princípios envolvidos na aprendizagem, trabalhar a formação contínua dos docentes, proporcionar uma reflexão sobre os projetos juntamente com a coordenação pedagógica além de atuar juntamente com as famílias dos alunos.


Na prática clínica o psicopedagogo trabalha de modo a identificar os problemas envolvidos nas dificuldades de aprendizagem de crianças e adolescentes. A investigação é feita através da anamnese e de recursos e testes pedagógicos para identificar os possíveis problemas. A partir daí desenvolve-se então o tratamento com todas as intervenções necessárias a cada caso.


O psicopedagogo que atua em empresas irá lidar com os aspectos envolvidos na aprendizagem humana que estão relacionados ao trabalho, proporcionando melhor desenvolvimento no trabalho em grupo e também no que diz respeito ao desempenho profissional.


Podemos concluir que esta é uma área muito rica e de extrema importância, pois está envolvida com o processo de aprendizagem. Processo este que faz parte da vida de todos os seres humanos durante toda a vida.


Autora: Denise Marcon
Psicóloga




REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

GONÇALVEZ, Verônica P. L. O Papel do Psicopedagogo na Instituição Escolar. Disponível em: http://www.colegiosantamaria.com.br/santamaria/aprenda-mais/artigos/ver.asp?artigo_id=35. Acesso em: 20/10/2010.
NUNES, Terezinha G. et al. As Possibilidades de Atuação em Psicopedagogia. Disponível em: http://www.unincor.br/revista/Psicopedagogia.html. Acesso em: 19/10/2010.


SAMPAIO,
Simaia. Sobre a Psicopedagogia. Disponível em: http://www.psicopedagogiabrasil.com.br/a_psicopedagogia.htm. Acesso em 19/10/2010.

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.


Colunista Portal - Educação

por Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Portal Educação

PORTAL DA EDUCAÇÃO S/A - CNPJ: 04.670.765/0001-90 - Inscrição Estadual: 283.797.118 - Rua Sete de Setembro, 1.686 - Campo Grande - MS - CEP 79002-130