Curso online de Enfermagem na Prevenção do Câncer de Colo de Útero e Mama - Portal Educacao
Horas Complementares Sem Chororô: Cursos de até 40h para você fechar o semestre.
Promoção por tempo limitado.

Categorias RELACIONADAS

Central de vendas

Whatsapp11 94101-9030
Telefone

0800 707 4520

Fale com um consultor

Dúvidas ?

  • 0800 707 4520
  • 11 94101-9030
Outras dúvidas

Fale com o consultor

Deixe seu número

que eu ligo para você

Enviar

ou para atendimento via CHAT clique aqui

  • Carga Horária:

    Informações adicionais de cursos

    cargaHoraria60
    CursoDisponivel30
    PublicoAlvoProfissionais e acadêmicos da área da enfermagem que trabalham na área da saúde pública.
    ConteudoCursoBiossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
    Lavagem das mãos
    Uso de luvas
    Uso de avental
    Uso de máscara
    Uso de óculos de proteção
    Uso de gorro
    Manuseio de material perfurocortante
    Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
    Antissepsia
    Câncer de mama: aspectos gerais
    Exame clínico e autoexame das mamas
    Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
    Punção aspirativa
    Mamografia
    Ultrassonografia mamária
    Câncer cervicouterino: aspectos gerais
    Exame de prevenção do câncer cervicouterino
    Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
    Consulta ginecológica
    Anamnese
    Exame físico geral
    Exame de papanicolaou
    Observação do material cervical
    Coleta citológica
    Fixação do material coletado
    Inspeção visual com ácido acético
    Teste de Schiller
    Lista de verificação para a consulta ginecológica
    Lista de solicitação de exame citopatológico
    Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
    Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
    Abordagem sindrômica
    Fluxograma de corrimento uretral
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Anamnese e exame físico
    Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
    Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
    Tratar clamídia e gonorréia
    Tratar só clamídia
    Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
    Diagnóstico laboratorial
    Observações
    Fluxograma de corrimentos vaginais
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Tratar infecção por clamídia e gonorréia
    Tratar tricomoníase
    Tratar vaginose bacteriana
    Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
    Tratar candidíase
    Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
    Fluxograma de úlcera genital
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Anamnese e exame físico
    Tratar herpes genital
    Tratar sífilis e cancro mole
    Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
    Fluxograma de dor pélvica
    Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
    Anamnese (determinar escore de risco)
    Exame clínico - ginecológico
    Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
    Adequabilidade do material coletado
    Amostra satisfatória
    Amostra satisfatória mas limitada por
    Amostra insatisfatória
    Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
    Amostra dentro dos limites de normalidade
    Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
    Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
    Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
    Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
    Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
    Presença de células endometriais
    Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
    NivelIntermediário
    o que voce vai aprender
  • Biossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
  • Lavagem das mãos
  • Uso de luvas
  • Uso de avental
  • Uso de máscara
  • Uso de óculos de proteção
  • Uso de gorro
  • Manuseio de material perfurocortante
  • Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
  • Antissepsia
  • Câncer de mama: aspectos gerais
  • Exame clínico e autoexame das mamas
  • Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
  • Punção aspirativa
  • Mamografia
  • Ultrassonografia mamária
  • Câncer cervicouterino: aspectos gerais
  • Exame de prevenção do câncer cervicouterino
  • Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
  • Consulta ginecológica
  • Anamnese
  • Exame físico geral
  • Exame de papanicolaou
  • Observação do material cervical
  • Coleta citológica
  • Fixação do material coletado
  • Inspeção visual com ácido acético
  • Teste de Schiller
  • Lista de verificação para a consulta ginecológica
  • Lista de solicitação de exame citopatológico
  • Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
  • Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
  • Abordagem sindrômica
  • Fluxograma de corrimento uretral
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
  • Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
  • Tratar clamídia e gonorréia
  • Tratar só clamídia
  • Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
  • Diagnóstico laboratorial
  • Observações
  • Fluxograma de corrimentos vaginais
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Tratar infecção por clamídia e gonorréia
  • Tratar tricomoníase
  • Tratar vaginose bacteriana
  • Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
  • Tratar candidíase
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Fluxograma de úlcera genital
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Tratar herpes genital
  • Tratar sífilis e cancro mole
  • Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
  • Fluxograma de dor pélvica
  • Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
  • Anamnese (determinar escore de risco)
  • Exame clínico - ginecológico
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Adequabilidade do material coletado
  • Amostra satisfatória
  • Amostra satisfatória mas limitada por
  • Amostra insatisfatória
  • Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
  • Amostra dentro dos limites de normalidade
  • Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
  • Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
  • Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
  • Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
  • Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
  • Presença de células endometriais
  • Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
  • Carga HoráriaAté 60 horas
    Horas
  • Inicio a partir de:

  • Curso disponível por:

    Informações adicionais de cursos

    cargaHoraria60
    CursoDisponivel30
    PublicoAlvoProfissionais e acadêmicos da área da enfermagem que trabalham na área da saúde pública.
    ConteudoCursoBiossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
    Lavagem das mãos
    Uso de luvas
    Uso de avental
    Uso de máscara
    Uso de óculos de proteção
    Uso de gorro
    Manuseio de material perfurocortante
    Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
    Antissepsia
    Câncer de mama: aspectos gerais
    Exame clínico e autoexame das mamas
    Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
    Punção aspirativa
    Mamografia
    Ultrassonografia mamária
    Câncer cervicouterino: aspectos gerais
    Exame de prevenção do câncer cervicouterino
    Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
    Consulta ginecológica
    Anamnese
    Exame físico geral
    Exame de papanicolaou
    Observação do material cervical
    Coleta citológica
    Fixação do material coletado
    Inspeção visual com ácido acético
    Teste de Schiller
    Lista de verificação para a consulta ginecológica
    Lista de solicitação de exame citopatológico
    Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
    Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
    Abordagem sindrômica
    Fluxograma de corrimento uretral
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Anamnese e exame físico
    Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
    Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
    Tratar clamídia e gonorréia
    Tratar só clamídia
    Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
    Diagnóstico laboratorial
    Observações
    Fluxograma de corrimentos vaginais
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Tratar infecção por clamídia e gonorréia
    Tratar tricomoníase
    Tratar vaginose bacteriana
    Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
    Tratar candidíase
    Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
    Fluxograma de úlcera genital
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Anamnese e exame físico
    Tratar herpes genital
    Tratar sífilis e cancro mole
    Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
    Fluxograma de dor pélvica
    Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
    Anamnese (determinar escore de risco)
    Exame clínico - ginecológico
    Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
    Adequabilidade do material coletado
    Amostra satisfatória
    Amostra satisfatória mas limitada por
    Amostra insatisfatória
    Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
    Amostra dentro dos limites de normalidade
    Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
    Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
    Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
    Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
    Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
    Presença de células endometriais
    Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
    NivelIntermediário
    o que voce vai aprender
  • Biossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
  • Lavagem das mãos
  • Uso de luvas
  • Uso de avental
  • Uso de máscara
  • Uso de óculos de proteção
  • Uso de gorro
  • Manuseio de material perfurocortante
  • Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
  • Antissepsia
  • Câncer de mama: aspectos gerais
  • Exame clínico e autoexame das mamas
  • Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
  • Punção aspirativa
  • Mamografia
  • Ultrassonografia mamária
  • Câncer cervicouterino: aspectos gerais
  • Exame de prevenção do câncer cervicouterino
  • Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
  • Consulta ginecológica
  • Anamnese
  • Exame físico geral
  • Exame de papanicolaou
  • Observação do material cervical
  • Coleta citológica
  • Fixação do material coletado
  • Inspeção visual com ácido acético
  • Teste de Schiller
  • Lista de verificação para a consulta ginecológica
  • Lista de solicitação de exame citopatológico
  • Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
  • Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
  • Abordagem sindrômica
  • Fluxograma de corrimento uretral
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
  • Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
  • Tratar clamídia e gonorréia
  • Tratar só clamídia
  • Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
  • Diagnóstico laboratorial
  • Observações
  • Fluxograma de corrimentos vaginais
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Tratar infecção por clamídia e gonorréia
  • Tratar tricomoníase
  • Tratar vaginose bacteriana
  • Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
  • Tratar candidíase
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Fluxograma de úlcera genital
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Tratar herpes genital
  • Tratar sífilis e cancro mole
  • Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
  • Fluxograma de dor pélvica
  • Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
  • Anamnese (determinar escore de risco)
  • Exame clínico - ginecológico
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Adequabilidade do material coletado
  • Amostra satisfatória
  • Amostra satisfatória mas limitada por
  • Amostra insatisfatória
  • Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
  • Amostra dentro dos limites de normalidade
  • Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
  • Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
  • Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
  • Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
  • Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
  • Presença de células endometriais
  • Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
  • Carga HoráriaAté 60 horas
    dias
NÍVEL:

Informações adicionais de cursos

cargaHoraria60
CursoDisponivel30
PublicoAlvoProfissionais e acadêmicos da área da enfermagem que trabalham na área da saúde pública.
ConteudoCursoBiossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
Lavagem das mãos
Uso de luvas
Uso de avental
Uso de máscara
Uso de óculos de proteção
Uso de gorro
Manuseio de material perfurocortante
Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
Antissepsia
Câncer de mama: aspectos gerais
Exame clínico e autoexame das mamas
Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
Punção aspirativa
Mamografia
Ultrassonografia mamária
Câncer cervicouterino: aspectos gerais
Exame de prevenção do câncer cervicouterino
Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
Consulta ginecológica
Anamnese
Exame físico geral
Exame de papanicolaou
Observação do material cervical
Coleta citológica
Fixação do material coletado
Inspeção visual com ácido acético
Teste de Schiller
Lista de verificação para a consulta ginecológica
Lista de solicitação de exame citopatológico
Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
Abordagem sindrômica
Fluxograma de corrimento uretral
Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
Anamnese e exame físico
Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
Tratar clamídia e gonorréia
Tratar só clamídia
Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
Diagnóstico laboratorial
Observações
Fluxograma de corrimentos vaginais
Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
Tratar infecção por clamídia e gonorréia
Tratar tricomoníase
Tratar vaginose bacteriana
Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
Tratar candidíase
Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
Fluxograma de úlcera genital
Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
Anamnese e exame físico
Tratar herpes genital
Tratar sífilis e cancro mole
Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
Fluxograma de dor pélvica
Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
Anamnese (determinar escore de risco)
Exame clínico - ginecológico
Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
Adequabilidade do material coletado
Amostra satisfatória
Amostra satisfatória mas limitada por
Amostra insatisfatória
Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
Amostra dentro dos limites de normalidade
Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
Presença de células endometriais
Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
NivelIntermediário
o que voce vai aprender
  • Biossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
  • Lavagem das mãos
  • Uso de luvas
  • Uso de avental
  • Uso de máscara
  • Uso de óculos de proteção
  • Uso de gorro
  • Manuseio de material perfurocortante
  • Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
  • Antissepsia
  • Câncer de mama: aspectos gerais
  • Exame clínico e autoexame das mamas
  • Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
  • Punção aspirativa
  • Mamografia
  • Ultrassonografia mamária
  • Câncer cervicouterino: aspectos gerais
  • Exame de prevenção do câncer cervicouterino
  • Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
  • Consulta ginecológica
  • Anamnese
  • Exame físico geral
  • Exame de papanicolaou
  • Observação do material cervical
  • Coleta citológica
  • Fixação do material coletado
  • Inspeção visual com ácido acético
  • Teste de Schiller
  • Lista de verificação para a consulta ginecológica
  • Lista de solicitação de exame citopatológico
  • Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
  • Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
  • Abordagem sindrômica
  • Fluxograma de corrimento uretral
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
  • Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
  • Tratar clamídia e gonorréia
  • Tratar só clamídia
  • Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
  • Diagnóstico laboratorial
  • Observações
  • Fluxograma de corrimentos vaginais
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Tratar infecção por clamídia e gonorréia
  • Tratar tricomoníase
  • Tratar vaginose bacteriana
  • Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
  • Tratar candidíase
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Fluxograma de úlcera genital
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Tratar herpes genital
  • Tratar sífilis e cancro mole
  • Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
  • Fluxograma de dor pélvica
  • Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
  • Anamnese (determinar escore de risco)
  • Exame clínico - ginecológico
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Adequabilidade do material coletado
  • Amostra satisfatória
  • Amostra satisfatória mas limitada por
  • Amostra insatisfatória
  • Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
  • Amostra dentro dos limites de normalidade
  • Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
  • Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
  • Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
  • Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
  • Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
  • Presença de células endometriais
  • Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
  • Carga HoráriaAté 60 horas

    Curso online de
    Enfermagem na Prevenção do Câncer de Colo de Útero e Mama

    O curso Enfermagem na Prevenção do Câncer de Colo de Útero e Mama oferece conteúdos para a biossegurança, saúde sexual, aspectos gerais sobre o câncer e como tratar possíveis infecções.

    Enfermagem na Prevenção do Câncer de Colo de Útero e Mama

    Por: R$ 141,70ou X de

    Preço válido por 8 dias

    O que você vai aprender?

    Informações adicionais de cursos

    cargaHoraria60
    CursoDisponivel30
    PublicoAlvoProfissionais e acadêmicos da área da enfermagem que trabalham na área da saúde pública.
    ConteudoCursoBiossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
    Lavagem das mãos
    Uso de luvas
    Uso de avental
    Uso de máscara
    Uso de óculos de proteção
    Uso de gorro
    Manuseio de material perfurocortante
    Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
    Antissepsia
    Câncer de mama: aspectos gerais
    Exame clínico e autoexame das mamas
    Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
    Punção aspirativa
    Mamografia
    Ultrassonografia mamária
    Câncer cervicouterino: aspectos gerais
    Exame de prevenção do câncer cervicouterino
    Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
    Consulta ginecológica
    Anamnese
    Exame físico geral
    Exame de papanicolaou
    Observação do material cervical
    Coleta citológica
    Fixação do material coletado
    Inspeção visual com ácido acético
    Teste de Schiller
    Lista de verificação para a consulta ginecológica
    Lista de solicitação de exame citopatológico
    Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
    Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
    Abordagem sindrômica
    Fluxograma de corrimento uretral
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Anamnese e exame físico
    Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
    Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
    Tratar clamídia e gonorréia
    Tratar só clamídia
    Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
    Diagnóstico laboratorial
    Observações
    Fluxograma de corrimentos vaginais
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Tratar infecção por clamídia e gonorréia
    Tratar tricomoníase
    Tratar vaginose bacteriana
    Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
    Tratar candidíase
    Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
    Fluxograma de úlcera genital
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Anamnese e exame físico
    Tratar herpes genital
    Tratar sífilis e cancro mole
    Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
    Fluxograma de dor pélvica
    Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
    Anamnese (determinar escore de risco)
    Exame clínico - ginecológico
    Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
    Adequabilidade do material coletado
    Amostra satisfatória
    Amostra satisfatória mas limitada por
    Amostra insatisfatória
    Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
    Amostra dentro dos limites de normalidade
    Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
    Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
    Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
    Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
    Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
    Presença de células endometriais
    Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
    NivelIntermediário
    o que voce vai aprender
  • Biossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
  • Lavagem das mãos
  • Uso de luvas
  • Uso de avental
  • Uso de máscara
  • Uso de óculos de proteção
  • Uso de gorro
  • Manuseio de material perfurocortante
  • Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
  • Antissepsia
  • Câncer de mama: aspectos gerais
  • Exame clínico e autoexame das mamas
  • Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
  • Punção aspirativa
  • Mamografia
  • Ultrassonografia mamária
  • Câncer cervicouterino: aspectos gerais
  • Exame de prevenção do câncer cervicouterino
  • Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
  • Consulta ginecológica
  • Anamnese
  • Exame físico geral
  • Exame de papanicolaou
  • Observação do material cervical
  • Coleta citológica
  • Fixação do material coletado
  • Inspeção visual com ácido acético
  • Teste de Schiller
  • Lista de verificação para a consulta ginecológica
  • Lista de solicitação de exame citopatológico
  • Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
  • Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
  • Abordagem sindrômica
  • Fluxograma de corrimento uretral
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
  • Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
  • Tratar clamídia e gonorréia
  • Tratar só clamídia
  • Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
  • Diagnóstico laboratorial
  • Observações
  • Fluxograma de corrimentos vaginais
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Tratar infecção por clamídia e gonorréia
  • Tratar tricomoníase
  • Tratar vaginose bacteriana
  • Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
  • Tratar candidíase
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Fluxograma de úlcera genital
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Tratar herpes genital
  • Tratar sífilis e cancro mole
  • Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
  • Fluxograma de dor pélvica
  • Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
  • Anamnese (determinar escore de risco)
  • Exame clínico - ginecológico
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Adequabilidade do material coletado
  • Amostra satisfatória
  • Amostra satisfatória mas limitada por
  • Amostra insatisfatória
  • Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
  • Amostra dentro dos limites de normalidade
  • Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
  • Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
  • Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
  • Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
  • Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
  • Presença de células endometriais
  • Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
  • Carga HoráriaAté 60 horas
    Comprar
    adicionar ao carrinho

    Para quem é esse curso?

    Informações adicionais de cursos

    cargaHoraria60
    CursoDisponivel30
    PublicoAlvoProfissionais e acadêmicos da área da enfermagem que trabalham na área da saúde pública.
    ConteudoCursoBiossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
    Lavagem das mãos
    Uso de luvas
    Uso de avental
    Uso de máscara
    Uso de óculos de proteção
    Uso de gorro
    Manuseio de material perfurocortante
    Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
    Antissepsia
    Câncer de mama: aspectos gerais
    Exame clínico e autoexame das mamas
    Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
    Punção aspirativa
    Mamografia
    Ultrassonografia mamária
    Câncer cervicouterino: aspectos gerais
    Exame de prevenção do câncer cervicouterino
    Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
    Consulta ginecológica
    Anamnese
    Exame físico geral
    Exame de papanicolaou
    Observação do material cervical
    Coleta citológica
    Fixação do material coletado
    Inspeção visual com ácido acético
    Teste de Schiller
    Lista de verificação para a consulta ginecológica
    Lista de solicitação de exame citopatológico
    Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
    Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
    Abordagem sindrômica
    Fluxograma de corrimento uretral
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Anamnese e exame físico
    Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
    Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
    Tratar clamídia e gonorréia
    Tratar só clamídia
    Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
    Diagnóstico laboratorial
    Observações
    Fluxograma de corrimentos vaginais
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Tratar infecção por clamídia e gonorréia
    Tratar tricomoníase
    Tratar vaginose bacteriana
    Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
    Tratar candidíase
    Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
    Fluxograma de úlcera genital
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Anamnese e exame físico
    Tratar herpes genital
    Tratar sífilis e cancro mole
    Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
    Fluxograma de dor pélvica
    Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
    Anamnese (determinar escore de risco)
    Exame clínico - ginecológico
    Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
    Adequabilidade do material coletado
    Amostra satisfatória
    Amostra satisfatória mas limitada por
    Amostra insatisfatória
    Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
    Amostra dentro dos limites de normalidade
    Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
    Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
    Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
    Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
    Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
    Presença de células endometriais
    Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
    NivelIntermediário
    o que voce vai aprender
  • Biossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
  • Lavagem das mãos
  • Uso de luvas
  • Uso de avental
  • Uso de máscara
  • Uso de óculos de proteção
  • Uso de gorro
  • Manuseio de material perfurocortante
  • Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
  • Antissepsia
  • Câncer de mama: aspectos gerais
  • Exame clínico e autoexame das mamas
  • Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
  • Punção aspirativa
  • Mamografia
  • Ultrassonografia mamária
  • Câncer cervicouterino: aspectos gerais
  • Exame de prevenção do câncer cervicouterino
  • Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
  • Consulta ginecológica
  • Anamnese
  • Exame físico geral
  • Exame de papanicolaou
  • Observação do material cervical
  • Coleta citológica
  • Fixação do material coletado
  • Inspeção visual com ácido acético
  • Teste de Schiller
  • Lista de verificação para a consulta ginecológica
  • Lista de solicitação de exame citopatológico
  • Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
  • Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
  • Abordagem sindrômica
  • Fluxograma de corrimento uretral
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
  • Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
  • Tratar clamídia e gonorréia
  • Tratar só clamídia
  • Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
  • Diagnóstico laboratorial
  • Observações
  • Fluxograma de corrimentos vaginais
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Tratar infecção por clamídia e gonorréia
  • Tratar tricomoníase
  • Tratar vaginose bacteriana
  • Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
  • Tratar candidíase
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Fluxograma de úlcera genital
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Tratar herpes genital
  • Tratar sífilis e cancro mole
  • Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
  • Fluxograma de dor pélvica
  • Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
  • Anamnese (determinar escore de risco)
  • Exame clínico - ginecológico
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Adequabilidade do material coletado
  • Amostra satisfatória
  • Amostra satisfatória mas limitada por
  • Amostra insatisfatória
  • Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
  • Amostra dentro dos limites de normalidade
  • Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
  • Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
  • Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
  • Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
  • Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
  • Presença de células endometriais
  • Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
  • Carga HoráriaAté 60 horas

    O que você vai aprender?

    Informações adicionais de cursos

    cargaHoraria60
    CursoDisponivel30
    PublicoAlvoProfissionais e acadêmicos da área da enfermagem que trabalham na área da saúde pública.
    ConteudoCursoBiossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
    Lavagem das mãos
    Uso de luvas
    Uso de avental
    Uso de máscara
    Uso de óculos de proteção
    Uso de gorro
    Manuseio de material perfurocortante
    Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
    Antissepsia
    Câncer de mama: aspectos gerais
    Exame clínico e autoexame das mamas
    Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
    Punção aspirativa
    Mamografia
    Ultrassonografia mamária
    Câncer cervicouterino: aspectos gerais
    Exame de prevenção do câncer cervicouterino
    Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
    Consulta ginecológica
    Anamnese
    Exame físico geral
    Exame de papanicolaou
    Observação do material cervical
    Coleta citológica
    Fixação do material coletado
    Inspeção visual com ácido acético
    Teste de Schiller
    Lista de verificação para a consulta ginecológica
    Lista de solicitação de exame citopatológico
    Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
    Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
    Abordagem sindrômica
    Fluxograma de corrimento uretral
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Anamnese e exame físico
    Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
    Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
    Tratar clamídia e gonorréia
    Tratar só clamídia
    Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
    Diagnóstico laboratorial
    Observações
    Fluxograma de corrimentos vaginais
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Tratar infecção por clamídia e gonorréia
    Tratar tricomoníase
    Tratar vaginose bacteriana
    Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
    Tratar candidíase
    Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
    Fluxograma de úlcera genital
    Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
    Anamnese e exame físico
    Tratar herpes genital
    Tratar sífilis e cancro mole
    Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
    Fluxograma de dor pélvica
    Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
    Anamnese (determinar escore de risco)
    Exame clínico - ginecológico
    Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
    Adequabilidade do material coletado
    Amostra satisfatória
    Amostra satisfatória mas limitada por
    Amostra insatisfatória
    Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
    Amostra dentro dos limites de normalidade
    Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
    Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
    Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
    Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
    Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
    Presença de células endometriais
    Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
    NivelIntermediário
    o que voce vai aprender
  • Biossegurança nos serviços de saúde sexual e reprodutiva
  • Lavagem das mãos
  • Uso de luvas
  • Uso de avental
  • Uso de máscara
  • Uso de óculos de proteção
  • Uso de gorro
  • Manuseio de material perfurocortante
  • Conduta frente a acidente de trabalho envolvendo perfurocortante
  • Antissepsia
  • Câncer de mama: aspectos gerais
  • Exame clínico e autoexame das mamas
  • Métodos complementares de diagnóstico de câncer de mama
  • Punção aspirativa
  • Mamografia
  • Ultrassonografia mamária
  • Câncer cervicouterino: aspectos gerais
  • Exame de prevenção do câncer cervicouterino
  • Cuidados que devem anteceder a realização do exame ginecológico
  • Consulta ginecológica
  • Anamnese
  • Exame físico geral
  • Exame de papanicolaou
  • Observação do material cervical
  • Coleta citológica
  • Fixação do material coletado
  • Inspeção visual com ácido acético
  • Teste de Schiller
  • Lista de verificação para a consulta ginecológica
  • Lista de solicitação de exame citopatológico
  • Seguimento diante da identificação de doenças sexualmente transmissíveis
  • Considerações gerais sobre a consulta ginecológica no controle das DST
  • Abordagem sindrômica
  • Fluxograma de corrimento uretral
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Bacterioscopia disponível no momento da consulta?
  • Diplococos gram negativos intracelulares presentes?
  • Tratar clamídia e gonorréia
  • Tratar só clamídia
  • Aconselhar, oferecer anti-hiv e VDRL, enfatizar a adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros e agendar retorno
  • Diagnóstico laboratorial
  • Observações
  • Fluxograma de corrimentos vaginais
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Tratar infecção por clamídia e gonorréia
  • Tratar tricomoníase
  • Tratar vaginose bacteriana
  • Tratar tricomoníase e vaginose bacteriana (ao mesmo tempo)
  • Tratar candidíase
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-hiv, enfatizar adesão ao tratamento, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Fluxograma de úlcera genital
  • Orientações do ministério da saúde (Brasil, 1999)
  • Anamnese e exame físico
  • Tratar herpes genital
  • Tratar sífilis e cancro mole
  • Aconselhar, oferecer anti-HIV e VDRL, enfatizar adesão ao tratamento, notificar, convocar parceiros, agendar retorno
  • Fluxograma de dor pélvica
  • Orientações do ministério da saúde (BRASIL, 1999)
  • Anamnese (determinar escore de risco)
  • Exame clínico - ginecológico
  • Aconselhar, oferecer VDRL e anti-HIV, convocar parceiro(s), notificar, agendar retorno
  • Adequabilidade do material coletado
  • Amostra satisfatória
  • Amostra satisfatória mas limitada por
  • Amostra insatisfatória
  • Seguimento diante do resultado do exame citopatológico
  • Amostra dentro dos limites de normalidade
  • Amostra com alterações benignas reativas ou reparativas
  • Amostra com células atípicas de significado indeterminado: em células escamosas (ASCUS) e glandulares (ASGUS)
  • Efeito citopático compatível com papilomavírus humano (HPV)
  • Lesão intraepitelial de baixo grau (NIC I)
  • Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II E NIC III)
  • Presença de células endometriais
  • Busca ativa das pacientes com alterações no exame.
  • Carga HoráriaAté 60 horas

    + Ver Mais

    Como funciona o curso? Ele é autorizado pelo MEC?

    É tudo online.Os cursos do Portal Educação te ensinam por intermédio da EaD (Educação a Distância), com animações e games (do tipo quiz) que estimulam a interatividade e a interação. O Portal Educação oferece cursos livres, de atualização e qualificação. Ou seja, são destinados a proporcionar ao trabalhador conhecimentos que lhe permitam se atualizar e não exigem escolaridade anterior. O MEC (Ministério da Educação), trata da política nacional de educação em geral, mas autoriza apenas cursos de graduação e pós-graduação. Os cursos técnicos e profissionalizantes são autorizados pelas Secretarias Estaduais de Educação.

    + Ver Mais

    Vou aprender mesmo?

    Com toda a certeza!! Os cursos do Portal Educação são dinâmicos e com várias vantagens comparadas a um curso presencial. Você terá recursos como:
    • Tutores disponíveis para ajudar em todas as suas dúvidas no decorrer do estudo;
    • Chat para conversar com outros alunos da turma e aumentar sua rede de contatos;
    • Flexibilidade TOTAL de estudo, 24h por dia, sem limite de acesso!
    Fora que essa modalidade possui valores mais acessíveis.

    + Ver Mais

    Como funciona a prova?

    As provas variam um pouco de curso para curso. São 2 tipos:
    • Avaliação Online dos Cursos Profissionalizantes: 20 questões objetivas, as quais devem ser feitas em 2 horas, prova única e referente a todo o conteúdo do curso.
    • Avaliação Online dos Cursos Livres: 10 questões objetivas, as quais devem ser feitas em 1 hora, prova única e referente a todo o conteúdo do curso.
    Os estudos, atividades e avaliações devem ser feitos dentro do prazo estipulado no calendário do curso.
    A média final deve ser igual ou superior a 60% para a conclusão e recebimento do certificado do curso. Em caso de reprovação, o aluno poderá efetuar sua rematrícula com 70% de desconto no valor do curso entrando em contato com o nosso Serviço de Relacionamento com o Cliente. Dessa forma, será possível estudar novamente todos os módulos do curso e fazer uma nova prova online. Os cursos gratuitos não possuem: rematrícula, nova prova, atividades reflexivas e descritivas. Os cursos de idiomas e Pós-Graduação possuem procedimentos diferenciados.

    + Ver Mais

    Tem certificado?

    Os alunos aprovados receberão o Certificado Digital em seu espaço virtual, após a nota média e prazo mínimo de estudo exigido.
    Caso o aluno queira uma versão impressa de seu certificado Digital, após o pagamento de uma taxa de emissão, o prazo de entrega via Correios é entre 15 e 20 dias.
    Os cursos do Portal Educação lhe dão a certificação de capacitação profissional, aperfeiçoamento e extensão. É importante saber que esses títulos não se equivalem às certificações de cursos técnicos ou de formação escolar, e não dão o direito de assumir responsabilidades técnicas.

    + Ver Mais

    CERTIFICADO DIGITAL

    Certificado digital de participação no curso. Válido em todo território nacional.

    ESTUDE NO SEU TEMPO

    Cursos online de fácil acesso para você estudar no seu tempo, em qualquer lugar.

    MATERIAL MULTÍMIDIA

    Conteúdo interativo e dinâmico para tornar o seu aprendizado mais fácil.

    Cadastre-se E RECEBA NOVIDADES SOBRE TODAS NOSSAS ÁREAS

    1.654.900

    Cursos Realizados

    738.806

    Pessoas Qualificadas

    50

    Prêmios Recebidos

    SOBRE O PORTAL EDUCAÇÃO E UOL EDTECH

    O Portal Educação é a maior plataforma EAD do Brasil, com 17 anos de expertise no mercado de Educação a Distância, hoje também faz parte grupo UOL EdTech, a maior empresa de tecnologia para educação do Brasil.