artigo

domingo, 14 de outubro de 2012 - 00:21

Tamanho do texto: A A

Gelatina

por: Amanda Dezze do Amaral

Gelatina
Gelatina

INTRODUÇÃO 

O colágeno é retirado normalmente das articulações de ruminantes, de onde também é retirado para fazer a gelatina. Entretanto, a gelatina é um alimento que tem uma série de empecilhos: o sabor é artificial, a cor é artificial, o cheiro é artificial, ou seja, tudo artificial, trazendo substâncias que vão ter que sofrer metabolização e excreção. 1


Os corantes são aditivos alimentares e estão presentes nos alimentos industrializados como massas, bolos, margarinas, sorvetes, bebidas, gelatinas, biscoitos, entre outros. Existem vários tipos de corantes, os mais comuns são os artificiais e os naturais. Os tipos artificiais não possuem nenhum valor nutritivo e servem (como o nome sugere) apenas para colorir os alimentos que perderam a coloração na industrialização. “Uma gelatina de morango, por exemplo, se fosse transparente não faria sucesso.


Quando consumidos com frequência, os corantes artificiais podem interferir no processo metabólico e até neurológico. Além disso, o consumo dos aditivos também pode desencadear alergias, irritação estomacal e até prejudicar a pele. Portanto, se perceber uma reação ao produto com o corante artificial, suspenda imediatamente o produto do cardápio. 2


Como as gelatinas comercialmente encontradas no supermercado contêm uma grande quantidade de corantes, recomenda-se trocá-la pela gelatina de Ágar-Ágar, que é igualmente benéfica, mas aí não é uma fonte de colágeno animal e trata-se de uma gelatina de origem vegetal que pode ser consumida pelos vegetarianos também. A gelatina natural de Agar-ágar é um ótimo substituto da gelatina em pó. A Agar-ágar é uma mucilagem de algas marinhas vermelhas que possui um ótimo sabor, além de ser isenta de corantes artificiais, o que traz verdadeiros benefícios para a saúde. 3



REFERENCIAL TEÓRICO

Gelatina artificial
A gelatina tem origem animal. Mais especificamente, origem bovina. É extraída da pele, ossos e cartilagens de bois que são partes ricas em colágeno. 4
Fique atento nos rótulos dos produtos. Contem diversos produtos químicos em sua composição como: acidulante ácido fumárico, regulador de acidez citrato de sódio, aromatizantes e corantes artificiais. 5

Ágar-Ágar
É uma substância existente em certas algas vermelhas rodofíceas e que forma com facilidade um hidrogel. Utilizada em laboratórios como meio de cultura de microorganismos ou na culinária como gelatina. Como é uma gelatina de origem vegetal, extraída das algas vermelhas, sua composição nutricional difere completamente da composição da gelatina de origem animal.


A gelatina de ágar-ágar não precisa ser levada ao refrigerador para endurecer, ela endurece normalmente com o resfriamento á temperatura ambiente. Possui sabor neutro, portanto pode-se adicionar qualquer ingrediente saborizante.


Vende-se ágar-ágar em fios semelhantes a macarrão, em barras compridas, mas é comumente comercializada em pó e sua cor geralmente é esbranquiçada.
Experimente utilizar ágar-ágar para reduzir o consumo de ovos das receitas. 3



Benefícios do Ágar-Ágar
É indicado em dietas que exijam grande valor alimentício, com baixo teor de calorias. Além disso, o agar é uma fonte natural de colágeno vegetal, substância importante para prevenir rugas e flacidez, auxiliando no tratamento de emagrecimento, promovendo o enrijecimento dos tecidos, aos cabelos propicia maciez, brilho e vitalidade, devido a seus sais ajuda a tonificar e fortalecer unhas quebradiças e frágeis, além de dentes mais fortes. 6



Colágeno hidrolisado x gelatina
O colágeno hidrolisado não dá pra fazer gelatina, porque ele é uma proteína já quebrada. O colágeno que não é hidrolisado parece uma gelatina na composição, mas mesmo assim não dá pra fazer a gelatina!
Se você quiser o benefício da gelatina, que é a proteína, você pode comer mocotó! Só tem que tomar cuidado com a caloria! 7

 

Diferença entre gelatina e colágeno 8
Gelatina é Colágeno, mas não é hidrolisado! O Colágeno comum é a gelatina que ingerimos normalmente, as de supermercado, tem a gelatina pura e a gelatina hidrolisada.


Para quem procura um efeito mais rápido e não quer ingeri-la somente como sobremesa, é só procurar a gelatina hidrolisada (também chamada de colágeno hidrolisado).


A gelatina que a gente come de sobremesa tem só 10% de proteína e cerca de cerca de 5% de colágeno, por isso, não deve ser considerada como alternativa para firmar a pele ou deixar o corpo mais durinho. Mas como citado, é uma boa opção para enganar a fome ou matar a vontade de doce sem acrescentar muitas calorias.
Já a gelatina em cápsula (ou farmacêutica) é o colágeno puro. Só que, por não ser hidrolisada, é menos eficiente.


A explicação está no processo: A hidrólise quebra as moléculas da proteína presente no colágeno. Menores, elas são absorvidas pelo organismo com mais facilidade. Ou seja, você tem de consumir uma dose bem maior de gelatina em cápsula para ter o mesmo efeito do colágeno hidrolisado.



Receitas
Gelatina de Uva com chia
Coloque 1colh de sopa de semente de chia em 100ml de suco de uva integral sem açúcar e sem conservantes. 9



Gelatina de morango com agar-agar
500ml de suco de morango e 5g de agar-agar em pó.
Dissolver o pó de agar-agar no suco de morango, levar ao fogo baixo, mexendo sempre. Quando começar a ferver, desligue o fogo e coloque-a no recipiente desejado. Não é necessário levar à geladeira, pois ao esfriar, endurece.
Obs: O suco de morango pode ser substituído por outro suco da fruta. 10


CONCLUSÃO

A gelatina natural de Agar-ágar é um ótimo substituto da gelatina em pó. Pois o Agar-ágar é isenta de corantes artificiais.



REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. GELATINA. Disponível em: <http://nutricionistabarbara.spaceblog.com.br/1053929/colageno-hidrolisado-x-gelatina/>. Acesso em: 03 out. 2012.
2. CORANTES. Disponível em: <http://corpoacorpo.uol.com.br/dieta/nutricao/corantes-artificias-veja-os-riscos-e-como-conviver-com-os-aditivos/2297>. Acesso em: 03 out. 2012.
3. AGAR-ÁGAR. Disponível em: < http://www.tuasaude.com/gelatina-de-agar-agar/>. Acesso em: 03 out. 2012.
4. GELATINA ARTIFICIAL. Disponível em: < http://www.alimentacao-saudavel.com/o-que-a-gelatina-tem-de-bom/>. Acesso em: 03 out. 2012.
5. GELATINA ARTIFICIAL. Disponível em: < http://bemtefiz.com.br/sustentabilidade/substitua-gelatina-por-agar-agar/
>. Acesso em: 03 out. 2012.
6. BENEFÍCIOS ÁGAR-ÁGAR. Disponível em: <http://www.oficinadeervas.com.br/detalhe.php?id_produto=690&p=agar-agar
>. Acesso em: 03 out. 2012.
7. COLÁGENO HIDROLIZADO E GELATINA. Disponível em: <http://www.drafernandagranja.com/2012/05/no-inverno.html
>. Acesso em: 03 out. 2012.
8. COLÁGENO HIDROLIZADO E GELATINA. Disponível em: < http://daniborgesfisio.blogspot.com.br/2011/09/por-que-tomar-colageno-diferenca-entre.html>. Acesso em: 03 out. 2012.
9. RECEITA. Disponível em: < http://www.drafernandagranja.com/2012/05/no-inverno.html>. Acesso em: 03 out. 2012.
10. RECEITA. Disponível em: < http://www.mundoverde.com.br/Sobremesas/Receita/2010/03/09/Gelatina-de-morango-com-agar+agar/>. Acesso em: 03 out. 2012.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Amanda Dezze do Amaral

Amanda Dezze do Amaral, 34 anos, Nutricionista. Possuo diversos cursos de atualização, dentre eles: Nutrição Clínica e Avaliação Nutricional, Fitoterapia para Nutricionistas, Nutrição apl. à Medicina Estética, Nutrição Funcional, Nutrição e Envelhecimento, HAS, DM, DRC, Doenças Cardiometabólicas, Aconselhamento Nutricional da Obesidade na Infância e Adolescência.

Nutrição

ASSINE E RECEBA GRÁTIS

e-Book
livro digital

Grátis um e-book mensalmente. Assine já e receba o e-book: INGLÊS PARA
NEGÓCIOS

Top10
Artigos

Receba e leia os principais artigos sobre diversos
temas. São mais de 30 áreas!

Palestras online

Assista palestras ao vivo toda quinta-feira e veja as dezenas de palestras gravadas em várias áreas

Lições de inglês

Atividades totalmente interativas para você exercitar o seu
inglês!

e-Revista
revista digital

Todo trimestre, uma nova edição sobre os principais temas de cada área. Boa leitura!