CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

O Ser Humano nas Organizações

Artigo por Sandra Mara Staff Menacho - terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Tamanho do texto: A A

OBJETIVO

Discutir o espaço concedido ao ser humano dentro das organizações, como ele é considerado, o que representam seus desejos e necessidades, dentre outras questões.

Conceitos de ser humano -  O que é o ser humano?

    Homo Faber: O que fabrica ferramentas;
    Homo sapiens – Aquele que raciocina, que procura atingir o âmago dos fenômenos, em busca de compreender e não manipular;
    Homo ludens – O que pratica atividades não intencionais;
    Homo esperans – O que tem esperança;
    Homo negans – O que pode dizer não e continuar em busca da sua verdade.

Considerações

1.   Parágrafo 5. “... o ser humano é o processo de seus atos. Ele pode criar sua própria vida e controlar seu destino” (pag. 116).

2.   Parágrafo 6. “O ser humano não só tem uma mente e necessita de um sistema de orientação que lhe permita compreender e estruturar o mundo que o rodeia; ele também tem coração e um corpo que precisam ser ligados emocionalmente ao mundo – homem e natureza”. (pag. 116).

3.   Parágrafo 7. “Ele não só quer saber o que é necessário para sobreviver como também quer compreender de que se trata a vida humana”. (pag. 116).

4.   Parágrafo 8. “Como o reflexo da humanidade, cada individualidade é constituída do indivíduo, assim como de outros indivíduos e da natureza”. (pag. 116)

5.   Parágrafo 9. “Relações baseadas na consciência, no conhecimento e na ação, donde advém o poder do ser humano em criar a si e o mundo que o rodeia, sendo portanto, o centro das ralações”. (pag. 116).

6.   Parágrafo 15. “A humanidade elegeu a ciência como o único saber importante e submeteu a ele todas as demais formas de apreensão e expressão da realidade, especialmente a intuição e a sensibilidade, o mito e o mágico”. (pag. 117)

7.   Parágrafo 9. “Somente pela consciência ele seria capaz de escolher e tomar as rédeas de seu destino”. (pag. 117).

8.   Parágrafo 16 “O mundo do trabalho, considerado o espaço da produção de bens e serviços, adotou esse modelo e depositou na intuição e na sensibilidade a responsabilidade pela incompetência e improdutividade. O sério passou a ser sinônimo de sisudez e submissão à máquina, ao tempo e ao poder. A empresa tornou-se o lugar de quem é ambicioso e tudo penhora em troca de posição social, de ganhos econômicos e do sonho da felicidade.

O objetivo desse trabalho é transmitir o conteúdo acerca do material sugerido na apostila pelferramentao professor; Como acadêmicos, adquirir conhecimento através das pesquisas realizadas para a apresentação do trabalho; Adquirir experiência no que tange falar em público e transmitir informações. Mas principalmente mexer com os sentimentos dos colegas espectadores, motivando-os, utilizando esse tema tão rico que é Gestão de Pessoas. Então abordaremos os seguintes temas:
  
Inteligência Organizacional;

Governança;

O Ambiente;

Cliente;

Concorrente;

Mercado.

O tripé do Planejamento Estratégico Pessoal

Missão - Valores - Visão. 

A Caixa de Ferramentas

Pest – Fhocus – Positioning – Product – Promotion – Place – People     Providers - Post-Place – Protection – Percognition.

Iniciamos com um vídeo O Poder da Visão - http://www.youtube.com/watch?v=1pD3TkQq7zI,  afim de despertar a os participantes.

A empresa e o Ambiente Econômico-social

A globalização define uma nova era da história humana. Abertura de mercados, migração de capitais, uniformização e expansão tecnológica, tudo isso capitaneado por uma frenética expansão dos meios de comunicação, parecem ser forças incontroláveis a mudar hábitos e conceitos, procedimentos e instituições. Nosso mundo aparenta estar cada vez menor, mais restrito, com todos os seus cantos explorados e expostos à curiosidade e à ação humana. É a globalização em seu sentido mais amplo, cujos reflexos se fazem sentir nos aspectos mais diversos de nossa vida e nos fazem utilizar algo que todos possuímos, a Inteligência.

Inteligência

A Inteligência é responsável por nos fazer conhecer, compreender e apreender a realidade do ambiente externo frutos de uma gestão empreendedora. Alcançar a sustentabilidade através de diferenciais competitivo e vantagens futuras para a empresa.

Muito se tem falado na Inteligência de se adiantar aos fatos. você sabia que a Coruja é o símbolo da sabedoria? Leia a seguir:

“Por influência da mitologia grega, tanto que Atena, deusa da guerra e da sabedoria, tinha uma coruja como mascote. Os gregos consideravam a noite como o momento do pensamento filosófico e da revelação intelectual e a coruja, por ser uma ave noturna, acabou representando essa busca pelo saber. Há ainda uma outra explicação para tal relação, da qual, certamente, o animal não se orgulharia tanto. Com seus olhos grandes e desproporcionais, a coruja se tornou também símbolo da feiúra. Numa língua nórdica antiga, ela era chamada de ugla, palavra que imitava o som emitido pela ave e que daria origem ao termo ugly, "feio" em inglês. "Assim, a coruja segue o estereótipo do sábio, que geralmente é tido como alguém mais preocupado com as divagações interiores que com a aparência externa", diz o helenista (estudioso da civilização grega) Antônio Medina Rodrigues, da Universidade de São Paulo (USP). Mas não foi em todas as culturas que o animal se transformou em símbolo de inteligência.

No Império Romano, por exemplo, a ave era considerada agourenta e seu canto anunciaria a proximidade da morte. Além disso, outros animais também foram usados em civilizações diferentes para representar a sabedoria, como a tartaruga para os chineses e o salmão para os celtas”.

Então basicamente a inteligência É = a soma do conhecimento que a organização detém sobre os fatores-chaves dos ambientes externos e internos na busca da vantagem competitiva” chamada também de Inteligência Organizacional.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Sandra Mara Staff Menacho

7º Período na Graduação em CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO. Universidade Federal de Rondônia, UNIR, Guajará-Mirim, Brasil Cursando Especialização em Gestão, Avaliação e Perícia Ambiental (FAEMA).