CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

A diferença entre moral e ética

Artigo por Patricia Souza Mejdalani - quinta-feira, 11 de abril de 2013

Tamanho do texto: A A

Costume X Conduta
Costume X Conduta
Se for pesquisar no dicionário Aurélio o significado da palavra moral, iremos encontrar a seguinte definição:

adj. De acordo com os bons costumes. / Que é próprio para favorecer os bons costumes. / Relativo ao espírito; intelectual (por oposição ao físico, ao material). / S.m. Estado de espírito, disposição de ânimo. / S.f. A parte da filosofia que trata dos costumes, deveres e modo de proceder dos homens nas relações com seus semelhantes; ética. / Corpo de preceitos e regras para dirigir as ações do homem, segundo a justiça e a equidade natural. / As leis da honestidade e do pudor; moralidade.

Se for analisar, a moral não é algo individual, ela vem da cultura de uma sociedade. Um exemplo no Brasil, a poligamia é algo imoral, pois temos uma herança cultural e moral católica, do qual condena a poligamia. A moral estabelece limites, ela determina o que é correto ou não para aquela sociedade e cada ao indivíduo decide seguir ou não.

A palavra moral vem do latim mores, que significa costume. Podemos descrever então que moral são as normas de conduta de uma sociedade, para permitir um equilíbrio entre os anseios individuais e os interesses da sociedade. Por isso do termo conduta moral, que é a orientação para os atos segundo os valores descritos pela sociedade.

A ética tem um significado muito próximo ao da moral. Ética vem do grego ethos, que também significa conduta, modo de agir, mas o que diferencia moral da ética é o sentido etimológico, no qual a moral tem como propósito estabelecer um convívio social de acordo com o que é bem quisto pela sociedade, já a ética é identificada como uma filosofia moral, onde se busca entender os sentidos dos valores morais.

A ética busca avaliar os princípios em seu individual, onde cada grupo possuem seus próprios valores, culturas e crenças. Ela constitui um sistema de argumentos dos quais os grupos ou as pessoas justificam suas ações.

A configuração principal da ética é solucionar conflitos de interesses, baseando em argumentos universais. A ética tem seu impasse, pois o que é considerado ético para um grupo, não é para outro.

Podemos ver nas redes sociais muita discursão sobre a homossexualidade, se é ético e está dentro da moralidade o relacionamento homo afetivo e o quanto a sociedade permite a exposição do mesmo. A verdade que impasse se dar devido o brasileiro vir de uma cultura cristã que sempre impôs que o relacionamento tem como o objetivo principal a procriação e como isso não acontece nos relacionamentos homo afetivos, esses são consideramos por muito imorais e antiéticos.

A modernidade vem mudando muitos desses valores éticos, e hoje os indivíduos são considerados pessoas livres, o que leva a um relativismo, do qual a ética pode contornar a situação e conduzir a uma moralidade do qual os fins justificam os meios.

O sentido hoje da ética é estabelecer uma universalidade dos valores, sem considerar a influência de uma ordem universal. Todos estão corretos e todos estão errados, vai de acordo com o que é ético para o indivíduo.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Patricia Souza Mejdalani

Meu nome é Patrícia Mejdalani, sou da cidade de Angra dos Reis. Estou graduada em Administração desde 2006 e em 2012 concluir minha MBA em Gestão Estratética de Pessoas. Sou tutora presencial de Gestão de Pessoas pela UFRRJ, na faculdade de Administração no campus Cederj - Angra dos Reis e professora presencial na Universidade Estácio de Sá Campus Angra dos Reis.