Trabalhando os nossos medos

Trabalhando os nossos medos
PSICOLOGIA
(Mc 4,35-41) Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse aos discípulos: «Passemos para a outra margem!"». Eles despediram as multidões e levaram Jesus, do jeito como estava, consigo no barco; e outros barcos o acompanhavam. Veio, então, uma ventania tão forte que as ondas se jogavam dentro do barco; e este se enchia de água. Jesus estava na parte de trás, dormindo sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e disseram-lhe: «Mestre, não te importa que estejamos perecendo?». Ele se levantou e repreendeu o vento e o mar: «Silêncio! Cala-te!» O vento parou, e fez-se uma grande calmaria. Jesus disse-lhes então: «Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?» . Eles sentiram grande temor e comentavam uns com os outros: «Quem é este, a quem obedecem até o vento e o mar?».

Aqui Jesus nos pergunta por que somos tão medrosos? O fato é que não temos fé suficiente para acreditarmos de corpo e alma n’ Aquele que veio para nos ensinar a amar e sermos aquilo que Deus quer. Os ventos agitando o mar sinalizam as dificuldades que enfrentamos em nossa vida. Diz-nos, também, que precisamos confiar, não entrar em pânico e simplesmente confiar. Mas somos medrosos. Homens de pouca fé. Jesus vem em nosso socorro, mostra-nos que está do nosso lado, conosco, e que não devemos temer. Bastam-nos, tão-somente, termos fé. É simples assim.

Por que, então, nos parece tão difícil? O fato é que somos escravos da nossa mente material, somos limitados. Não conseguimos ver além. Nossa mente está presa ao materialismo imediato, por isso não consegue vislumbrar o espiritual. Por isto, também, adoecemos. Reflexos de nossas imperfeições; de uma mente doentia e pequena.

Caríssimos, há muito a aprender. O Pai Celeste nos deu uma mente para que pudéssemos explorá-la e utilizá-la para o bem de todos, não em benefício próprio. Lembremos que é ao próximo como a si mesmo e não a mim como eu bem entender. Pensemos nisto e sejamos mais corajosos. Que Deus nos abençoe!

Salatiel Soares Diniz
Psicólogo, Palestrante e Escritor. Autor dos livros: Gestão de Atendimento ao Cliente (Editora Viena, 2014); Gestão de Pessoas (Ed.Viena, 2013); Vivendo e aprendendo, com o mestre Jesus (Cube de Autores, 2012). Coautor nos livros: Seleta Cutural Brasil-Portugal (Ed.LP-Books, 2014); Capital Intelectual (Ed. Ser Mais, 2013).
Seja um colunista

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

ARTIGOS RELACIONADOS