A essência da motivação

A essência da motivação
LIDERANCA

"Tudo é dor, e toda dor vem do desejo de não sentirmos dor."
Legião Urbana 

Quantos de nós não temos um sonho, um objetivo, uma meta a alcançar? Quantos de nós, muitas vezes, estacionamos ante os desafios que a vida nos impõe. Muitas vezes, evitamos nos esforçar buscando controlar a dor, mas, logo em seguida, vem a crise de consciência que perturba o nosso íntimo. Na minha vida, percebo que isso é comum em muitas pessoas, evito me esforçar e fujo do conflito, caindo na procrastinação.

Tenho percebido que a motivação não é algo que cai do céu; é uma força que temos que efetuar e direcionar. Tenho tentado aplicar o princípio da troca: se quero algo, tenho que dar alguma coisa em retorno. É nisso que muitas vezes paramos. Não queremos realizar o esforço necessário para alcançar o objetivo. Evitamos a dor e, consequentemente, sofremos por nossas escolhas.

Assim, acredito que a motivação é a disposição para pagar o preço por nossas conquistas. Temos que sofrer e ralar, para conseguir. Evitar isso gera frustração. Por isso é tão difícil se motivar. Esperamos que a vontade de fazer as coisas surja do nada e que com isso iremos realizar nossas tarefas. Ledo engano! Precisamos ter consciência que devemos fazer força, engolir sapos, sentar o bumbum na cadeira por horas e pagar o preço por nossa conquista. Ficar parado esperando a boa vontade é um erro. Devemos agir e suportar o quinhão de dor necessário para a vitória.

Leone de Araujo Rocha
Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Amapá. Especialista em Ciência Política. Professor de Sociologia do quadro efetivo do Governo do Estado do Amapá. Antropólogo do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). Sócio Pós-Graduando da Associação Brasileira de Antropologia (ABA) e membro da SBPC.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER