A fisiologia da voz

A fisiologia da voz
FONOAUDIOLOGIA
A voz é produzida quando o ar é expiratório e passa pelas pregas vocais. Esse mecanismo se assemelha a um balão, quando é espremido provoca um ruído agudo, assim sendo o mesmo processo da voz humana.

O sistema vocal, apesar de pequeno, possui uma capacidade de produção complexa e potente. A maior responsável por sua representação são as pregas vocais.

O aparelho fonador é composto por um conjunto de órgãos: pulmões, brônquios, e traqueia, que produzem o ar. A laringe onde esta localiza as cordas vogais e produzem a energia da fala. A faringe e as fossas nasais são responsáveis pela ressonância.

As pregas vocais são formadas por duas pragas ou músculos, formando o esfíncter glótico. A glote fica na altura do pomo de Adão, ou gogó é a abertura entre duas pregas musculares das paredes superiores da laringe. É o espaço entre as cordas vocais quando estão afastadas.

O diafragma é um músculo estriado esquelético extenso que separa a cavidade torácica da abdominal. Localize-se junto ás vértebras lombares, as costelas inferiores e ao esterno. Quando em estado de relaxamento, o diafragma possui formato de abóbada. Durante a inspiração, este órgão se contrai e ao distender – se aumenta a capacidade do tórax.

Colunista Portal - Saúde
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER