Tônus muscular

Tônus muscular
FISIOTERAPIA
Você sabia que o estado de semicontração, de contração parcial normal no qual os músculos se encontram constantemente é considerado tônus muscular? O tônus é causado por estímulos nervosos, sendo um processo totalmente inconsciente, que mantém os músculos em alerta para entrar em ação.

Dentro deste conceito, podemos ter hipotônus, quando o estímulo nervoso é bloqueado por alguma lesão. Neste caso, perde-se o tônus normal e o músculo se torna flácido. É importante não confundir esta flacidez da hipotonia patológica com a flacidez normal (fisiológica) ocasionada por falta de atividade física. Esta última é facilmente contornada com exercícios físicos e, mesmo baixo, apresenta certo tônus muscular.

Já o aumento do tônus muscular acima do normal é denominado de hipertonia, que também aparece em patologias neurológicas. O tônus também pode estar aumentado em casos de tensão emocional, causando a sensação física de tensão muscular. Esta última condição também pode ocasionar fadiga, pois o músculo gasta mais energia que o normal.

A definição clássica de cadeia muscular dada por Françoise Meziéres é: “Conjunto de músculos de mesma direção e sentido, geralmente poli-articulares que se comportam como se fossem um só músculo e se recobrem como telhas de um retalho”.A partir de observações práticas e estudos anatômicos, Françoise Meziéres descreve também três leis relacionadas às cadeias musculares, que seguem:
- Toda tentativa de correção local irá gerar uma compensação à distância.
- Toda tentativa de tensionamento de uma cadeia muscular resulta em uma tendência de rotação interna dos membros.
- Toda tentativa de tensionamento de uma cadeia muscular leva a tendência de um bloqueio respiratório em apneia inspiratória.

O que mantém o nosso corpo em pé é a cadeia dos músculos estáticos. Os músculos que compõem esta cadeia possuem maior quantidade de tecido conjuntivo e um tônus mais elevado, pois exercem uma função antigravitacional, exigindo uma contração parcial constante.

São músculos que tendem a serem mais tensos, hipertônicos, encurtados e menos flexíveis e são os mais atingidos nos casos de patologias. Quando os músculos estáticos encurtam-se demasiadamente, podem ocorrer desvios ósseos e compressões das articulações. Quando um músculo de uma cadeia muscular é afetado, todos os outros músculos da mesma cadeia são afetados.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Seja um colunista

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

ARTIGOS RELACIONADOS