Deformidades Ósseas nos Dedos

Deformidades Ósseas nos Dedos
ESTETICA
Hálux Varus
É uma deformidade inversa à do Hálux Valgo. O Hálux apresenta desvio em varo.

Causas: a deformidade do Hálux associada a outras deformidades, como o pé metatarso varo e deformidades osteoarticulares associadas a ossos e dedos acessórios.

Tratamento: Cirúrgico, corrige as deformidades dos dedos, por meio do uso de bandagens.

FIGURA - HÁLUX VARUS

 
   
Macrodatilia
Distúrbio hormonal no crescimento que apresenta características como o aspecto grotesco dos pés e aumento do tamanho do dedo. Principais causas estão associadas ao gigantismo e apresenta neurofibromatose, uma doença hereditária que altera o tecido conjuntivo e dos nervos. O tratamento recomendado é o cirúrgico, que corrige as deformidades com o uso de bandagens.

FIGURA - MACRODATILIA
  
FONTE: Disponível em: <www.spreumatologia.pt>.Dedo em Martelo
Essa deformidade é descrita como uma hipertensão da articulação metatarsofalangiana e a flexão da articulação interfalangiana. As causas são congênitas, de origem neurológica e podem estar associadas a outras deformidades dos pés. Essa patologia pode originar outras como: metatarsalgia, hiperqueratoses e higroma em pontos de maior atrito.

Tratamento clínico: Por intermédio da colocação de dispositivos em forma de anéis, para corrigir o desvio e o cirúrgico, com resultados definitivos.   

FIGURA – DEDO EM MARTELO
Clinodactilia
É uma deformidade que apresenta desvio em sentido lateral dos artelhos, principalmente no 5° artelho. As causas são congênitas ou relacionadas ao pé reumático. Pode originar outra patologia, como hiperqueratoses interdigitais. O tratamento indicado é o cirúrgico.

FIGURA - CLINODACTILIA

  
FONTE: Disponível em: <www.ilustrados.com>.Hálux Rigidus
É uma deformidade que impossibilita a flexibilidade da articulação metatarsofalangiana do Hálux.

FIGURA – HÁLUX RIGIDUS
 

FONTE: Disponível em: <www.esco-orthopaedie.com>.

Causas: São congênitas, por traumas na articulação, artrites, reumatismo, gota (ácido úrico) e joanete. Como manifestação clínica, apresenta: dor interfere na fase de impulso durante a marcha, transfere o peso do corpo para a borda lateral plantar e hiperqueratoses. O tratamento indicado seria o uso de calçado específico ou coxim metatársico e, se necessário, recorrer à cirurgia.Polidactilia
É uma deformidade que apresenta um dedo extranumerário no lado medial ou lateral. As causas caracterizam-se por transmissão autossômica dominante. Predomina em negros e no sexo feminino. Origina outras patologias como: dor e desconforto para calçados e hiperqueratoses local. O tratamento indicado é o cirúrgico, por envolver a estética e o uso de calçados e pode ser feita a partir do 1° ano de vida.

FIGURA - POLIDACTILIA