Segurança do Trabalho

ENFERMAGEM
Segurança do trabalho  pode ser definida como os conjuntos de medidas que são adotadas para minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador.

“Para atingir os seus objetivos a segurança do trabalho necessita de uma equipe de profissionais especializados, da qual a enfermagem do trabalho  faz parte”.Carvalho (2001).

Acidente de trabalho é o evento não programado de acordo com a Lei no. 8.213 de 24/07/1991 acidente de trabalho é aquele que acontece no exercício do trabalho a serviço da empresa, provocando lesão corporal ou perturbação funcional, podendo causar morte, perda ou redução permanente ou temporária da capacidade para o trabalho.

Os acidentes de trabalho podem ser sem perda de tempo o qual não acarreta paralisação na atividade do trabalhador e acidente com perda de tempo que podem ocasionar lesão grave, incapacidade temporária e até à morte do trabalhador, além de ocasionar a interrupção do processo produtivo.

As principais causas do acidente de trabalho estão divididas em ato inseguro que e o ato praticado pelo próprio homem. Ex: Não utilizar luvas, re-capear agulhas, etc. E condição ambiental de insegurança: instalação elétrica com fios desencapados, pisos molhados e /ou com buracos, prédio inadequado, máquinas em condições insatisfatórias, etc.

Segundo Carvalho (2001) considera outros fatores de insegurança: preconceito, aventura, imprudência, negligência imperícia, distração, repetitividade, indiferentismo, irreflexão, indecisão, nervosismo, indisciplina, fadiga, confiança excessiva, desinteresse, falta de capacidade, falta de informação, falta de aptidão física e mental, motivação incorreta, deslizes e condições ergonômicas inadequadas.

De acordo com a Lei no. 8.213/91 Art. 22 todo acidente de trabalho, deve ser comunicado pela empresa ao INSS, sob pena de multa em casos de omissão. A CAT (comunicado de acidente de trabalho) deve ser emitida pelo departamento de Recursos Humanos da empresa, mediante relatório ou solicitação do médico que o atendeu, até 24h após o diagnóstico.

Cabe ressaltar a importância da comunicação do acidente de trabalho, principalmente o completo e exato preenchimento do formulário, tendo em vista as informações nele contidas, não apenas do ponto de vista previdenciário, estatístico e epidemiológico, mas também trabalhista e social.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Seja um colunista

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

;