Leite em pó desnatado engorda: mito ou verdade?

Leite em pó desnatado engorda: mito ou verdade?
NUTRICAO
Dizer que leite em pó desnatado engorda é tão errado quanto afirmar que jantar engorda. Com menos que 0,5% de gordura, independente da marca, o leite desnatado (ou leite magro) é claramente um aliado de muitas dietas – o que se deve observar é a tolerância à lactose (açúcar do leite de difícil digestão que, por isso, pode causar reações alérgicas).

A composição dos tipos de leite integral e desnatado é exatamente a mesma, exceto pela quantidade de gorduras saturadas e insaturadas. As gorduras saturadas são as que o corpo mais absorve, causando ganho de peso, entupimento de veias ou artérias e diversos problemas relacionados à obesidade, por isso o leite desnatado é um aliado na dieta, já que está livre de quase 100% das gorduras.

Em média, a cada 200ml, os nutrientes encontrados no leite magro são:
- Sódio – 142 mg
- Carboidratos – 9,4g
- Proteínas – 6,6g
- Gorduras totais – 0,7g
- Gorduras Saturadas – 0,35g

Controvérsias e cuidados

Um estudo da UNICAMP – Universidade de Campinas – coloca, de certa forma, o leite desnatado como vilão, pois afirma que falta nele alguns nutrientes, como o Ômega 3. Outro estudo da UNICAMP aponta que o leite integral ajuda a emagrecer. Os dados são baseados na composição do leite integral, que traz a “gordura boa”, ou gordura insaturada, junto com ácidos graxos (ácido linoleico conjugado – CLA) que auxiliam na não-absorção de novas gorduras pelo corpo e ainda ajudam a queimar aquela já existente.

O problema do estudo está exatamente na linha tênue que separa o benefício de não-absorção de novas gorduras, devido ao CLA, e a absorção em demasia de gorduras saturadas, as quais o leite integral também traz e em grandes quantidades.

Alternativas para o desnatado

Uma solução para usar o leite desnatado sem perda de nutrientes é suprir a falta de Ômega 3 com salmão, rico nessa substância, ou então procurar uma marca de leite enriquecido com Ômega 3. Já para suprir a falta do CLA, deve-se procurar alimentos ricos em proteínas, pois os ácidos graxos também são encontrados em carnes bovinas, por exemplo.

O ideal é que a dieta seja acompanhada por um nutricionista, mas algumas mudanças de atitude por conta própria ajudam a melhorar a qualidade da alimentação. Para acabar com alguns mitos, jantar não engorda, o que engorda é o tipo de comida, então é melhor dar preferência a alimentos mais calóricos nas primeiras horas do dia. Além disso, o leite desnatado em pó é uma opção que pode ser consumida sem problemas, inclusive no jantar, sendo uma ótima alternativa para saciar a fome sem acumular calorias extras antes de dormir.

Colunista Portal - Saúde
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Seja um colunista
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER