Etapas de um Levantamento Estatístico

Etapas de um Levantamento Estatístico
BIOLOGIA
A estatística é a tecnologia da ciência e deve, portanto, estar presente em todas as etapas de uma pesquisa. A pesquisa científica é um mecanismo de reflexão que busca, por meio da crítica, respostas para problemas ainda não selecionados. A pesquisa científica é constituída de várias etapas que visam o planejamento e a execução de um experimento. Essas etapas são detalhadas da seguinte forma:

a) Coleta dos dados;

b) Crítica dos dados;

c) Tratamento dos dados;

d) Apresentação dos dados;

e) Análise e Interpretação dos dados;

f) Conclusão

a) Coleta dos dados
O primeiro passo em uma pesquisa científica ou levantamento estatístico é o planejamento, no qual define-se o problema que será o centro da pesquisa. Após a definação do problema, é realizada a coleta dos dados, ou seja, é dado o início à coleta das informações numéricas necessárias à descrição do problema. A coleta dos dados pode serde forma direta ou indireta.
A coleta é designada direta quando os dados são coletados pelo próprio pesquisador por meio de inquéritos ou questionários, ou seja, quando leva em consideração informações ditas de registro obrigatório. São considerados exemplos a coleta de dados como nascimentos, casamentos e óbitos.

A coleta direta de dados pode ser classificada relativamente ao fator tempo em:

• Contínua
A coleta de dados direta contínua é aquela feita continuamente.

Exemplos: coleta de dados de nascimento, óbitos e a de freqüência dos alunos às aulas.

• Períodica
A coleta direta periódica é aquela realizada em intervalos constantes de tempo.

Exemplos: Censos e as avaliações mensais dos alunos.

• Ocasional
A coleta direta ocasional é aquela feita extemporaneamente. Tem como finalidade atender a alguma necessidade de urgência.

Exemplos: casos de epidemias.

Já a coleta é dita indireta quando realizada levando em consideração informações conhecidas, obtidas pela coleta direta e/ou do conhecimento de outros fenômenos relacionados ao fenômeno estudado.
Um exemplo é pesquisa sobre a mortalidade infantil, que é realizada por meio das informações obtidas por uma coleta direta.
b) Crítica dos dados
Após a coleta dos dados, estes devem ser criteriosamente criticados com a finalidade de buscar possíveis falhas ou imperfeições que venham a acarretar em erros que possam de alguma forma interferir na confiabilidade dos resultados futuros. A crítica dos dados pode ser classificada em externa e interna.
A crítica dos dados é chamada de externa quando tem a finalidade de descobrir as causas dos erros por parte do informante, como por exemplo, distração e má interpretação das perguntas que foram feitas. Já a crítica interna visa a observação dos elementos dos dados originais de coleta.

c) Tratamento dos dados
Após a análise crítica dos dados, a próxima etapa a ser realizada em um levantamento estatístico é o tratamento dos dados. O tratamento dos dados está relacionado com o processamento dos dados obtidos e a disposição desses dados de acordo com critérios de classificação. O tratamento das informações pode ser realizado por meio manual ou eletrônico.

d) Apresentação dos dados
Uma etapa de grande importância em um levantamento estatístico é a apresentação dos dados. Com os dados em mãos, o pesquisador necessita divulgar estes dados a todos, bem como as estatísticas calculadas, para que seu estudo possa ser compreendido e utilizado como referência em pesquisas futuras relacionadas ao mesmo tema. A apresentação dos dados de uma pesquisa deve ser feita de maneira compreensível e simples pata todos.
Geralmente, a apresentação dos dados estatísticos é feita por meio de tabelas ou gráficos. Essa forma de apresentação permite um fácil entendimento, dependendo da dificuldade do problema em questão.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Seja um colunista

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

ARTIGOS RELACIONADOS