Classificação da pele estriada

Classificação da pele estriada
ESTETICA
As estrias podem ser:

- Eritematosas (rubras):
estrias recentes, em fase inflamatória. Apresentam essa coloração pelo aumento da vascularização local. Nessa fase, os tratamentos costumam alcançar resultados mais satisfatórios.

- Brancas (albas): estrias antigas, esbranquiçadas e abrilhantadas (nacaradas), em fase final do processo de maturação. Os tratamentos conseguem promover o estreitamento ou atenuação das estrias nesta fase.

Em indivíduos brancos, as estrias se iniciam como lesões eritematosas ou rosadas de superfície lisa e tensa (rubras) e gradativamente perdem a pigmentação tornando-se atróficas e brancas (albas).

- Azuladas (cerúleas):
aparecem em indivíduos que usaram corticóides por tempo prolongado ou possuem síndromes desencadeadoras da disfunção com a síndrome de Cushing.

- Enegrecidas (nigra): aparecem em pacientes de fototipos IV e V (morenas ou negras). Neste tipo de pacientes, alguns tratamentos como certos tipos de laser e a galvanopuntura devem ser utilizados com cautela, pelo maior risco de pigmentação e formação de quelóides e cicatrizes hipertróficas.

Em relação à intensidade de apresentação, as estrias podem ser classificadas em: discreta, moderada ou acentuada de acordo com a sua quantidade em cada quadrante avaliado.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER