Glucosinolatos: O que são?

Glucosinolatos: O que são?
NUTRICAO
Os glucosinolatos são encontrados nos vegetais crucíferos. Estes compostos são considerados importantes promotores da saúde, pois deles são derivados os isotiocianatos.

Exemplos de crucíferas são: couve-flor, espinafre, couve, rúcula, repolho, agrião, mostarda, nabo e rabanete. Os glucosinolatos são considerados importantes promotores da saúde, pois deles são originados os isotiocianatos.

Os isotiocianatos são substâncias que conferem proteção para as células contra o estresse oxidativo, além de ativarem algumas enzimas de detoxificação hepática. Esta substância necessita ser clivada a partir dos seus precursores, os glucosinolatos, para exercer atividade.

A clivagem é realizada pela enzima mirosinase, a qual somente é ativada após a lesão da planta durante colheita, preparação de alimentos e mastigação.
A microbiota intestinal também é capaz de transformar os glicosinolatos em isotiocianatos.

Alguns estudos têm demonstrado que os métodos de cozimento a vapor aumentam os glucosinolatos presentes nos brócolis, provavelmente devido a desintegração do tecido da planta após o calor, favorecendo a libertação destes compostos.

Entretanto, como os glucosinolatos são solúveis em água, são normalmente perdidos durante o cozimento convencional. A ebulição, por exemplo, causa a lixiviação dos glucosinolatos e alguns estudos sugerem que as micro-ondas representam uma alternativa melhor para o preparo destes alimentos, por causa da ausência de água para cozinhar.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER