Efeitos da erosão ácida

Efeitos da erosão ácida
ODONTOLOGIA
Odontologia - Efeitos da erosão ácida

Pequenos cuidados ajudam a evitar o desgaste dental causado pelo consumo de alimentos cítricos
 

 


Especialistas alertam para mais um problema relacionado à alimentação inadequada. O consumo de alimentos ácidos em excesso e sem cuidados tem acelerado o desgaste natural dos dentes. Mais devastadora que a cárie, a erosão ácida deixa a dentição sem brilho e amarelada ao longo do tempo. Além de extremidades transparentes, os dentes apresentam, ainda, sensibilidade à ingestão de bebidas e alimentos quentes ou frios, a frutas cítricas, refrigerantes e saladas com vinagre. “Existe o desgaste natural dos dentes, mas sinais de erosão relacionados ao consumo de alimentos ácidos têm sido diagnosticados com freqüência cada vez maior”, afirma o especialista e mestre em implantodontia Irfêo Saraiva de Camargo.

Diferentemente da cárie, a erosão dental não é causada pelo processamento do açúcar feito por bactérias, mas pela ação da substância ácida presente em bebidas energéticas, sucos industrializados e vinho, por exemplo. É o consumo constante de alimentos com baixo pH (potencial hidrogeniônico) que leva o esmalte do dente a amolecer. “Qualquer pessoa é susceptível ao problema, principalmente quem costuma substituir a água por outras bebidas, inclusive as crianças. O hábito de bochechar refrigerantes ou sucos cítricos, por exemplo, torna o dente mais vulnerável aos efeitos da abrasão”, alerta.

O dentista explica que o esmalte é a primeira camada, mais externa, responsável pela proteção da polpa. Abaixo dessa estrutura fica a dentina, onde se localiza a cavidade pulpar. “O esmalte e a dentina vão se deteriorando ao longo do tempo, até comprometer o nervo”, ressalta Irfêo. “Atualmente, há muitos alimentos ácidos compondo nossa dieta, o que leva ao desgaste do esmalte, uma barreira natural contra agentes externos, que protege a estrutura e evita a sensibilidade dentária.”

Dor aguda

A hipersensibilidade do dente é um reflexo da exposição da dentina, decorrente do desgaste do esmalte e/ou do cemento. A sensação de dor aguda durante a ingestão de bebidas e alimentos frios ou ácidos é um sintoma do desgaste dental. Além de atrapalhar a alimentação, o problema pode impedir a manutenção dos hábitos de higiene bucal, pois o simples toque durante a escovação já é suficiente para causar dor. “Sentia que meus dentes estavam finos e até o contato com o ar provocava dor, o que também ocorria quando comia alguma coisa fria”, afirma a orientadora educacional Maria Helena Azevedo, que, depois de uma reabilitação com cerâmica, superou os incômodos da erosão ácida. “Estou muito satisfeita com o resultado. Continuo tomando refrigerante e comendo frutas cítricas, mas não sinto mais nada.”

Na fase inicial, o desgaste dental parece inofensivo. No entanto, a evolução do quadro pode levar à danificação de todos os dentes. Irfêo explica que há outras causas para o problema, além do hábito de bochechar bebidas gasosas ou consumir produtos ácidos constantemente. “Escovação forte e refluxo gastroesofágico, em que ácidos do estômago são liberados, também têm influência no desenvolvimento da erosão dental.”

A comunidade científica começou a ficar alarmada com o problema depois que os resultados de uma pesquisa com esportistas norte-americanos revelaram que 85% dos ciclistas e em 36% dos nadadores apresentavam erosão ácida. O quadro foi associado ao excesso de bebidas energéticas (isotônicas), consumidas para repor a água e os eletrólitos perdidos durante as atividades. Estima-se que, atualmente, 60% da população mundial tenha ao menos um dente com erosão.

Saiba mais


• Tomar refrigerantes ou sucos cítricos no canudo e sem bochechar reduz o contato da substância ácida com os dentes.

• Mascar chiclete ou pastilha sem açúcar depois da refeição ajuda a estimular a saliva, que neutraliza a acidez e remineraliza o esmalte.

• Esperar uma hora, em média, para escovar os dentes depois da refeição, dando tempo para que o esmalte seja fortalecido pela ação da saliva.

• Usar escovas macias e creme dental fluoretado e pouco abrasivo.

• Consultar o dentista regularmente.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER