O Técnico em Radiologia

Artigo por Aline de Assis Gomes - sexta-feira, 17 de maio de 2013

Tamanho do texto: A A


No Brasil, cresce a procura de cursos técnicos
No Brasil, cresce a procura de cursos técnicos

No Brasil cresce a procura de cursos técnicos, todos os cursos precisam ter no mínimo o ensino médio completo para fazer a matricula na área específica. O curso de técnico em Radiologia tem como carga horária mínima de mil e duzentas horas mais as horas extras em estágios, o profissional que deseja atuar nessa área necessita ter  nível médio concluído.

O técnico em radiologia já foi regulamentado como profissão, com base na Lei nº 7.394, de 29 de outubro de 1985. Entretanto é importante não confundir como o Radiologista, do qual atual como médico.

Entre as funções e atuações do técnico em radiologia, o profissional terá vasta gama de serviços, que envolvem desde realização de exames convencionais até manipulação de produtos químicos, e processamento de filme.

Sua função é também de auxiliar e realizar os exames necessários de radiologia. Entre os exames mais comuns cometidos com diagnósticos de imagem estão:

- Mamografia;

- Hemodinâmica;

- Tomografia computadorizada;

- Densitometria óssea;

- Ressonância magnética nuclear;

- Ultrassonografia.

Os técnicos em Radiologia não podem atuar em cirurgias, nem receitar terapias ou medicamentos, seu trabalho é apenas fazer as radiografias dos paciente que são pedidas em receitas exame pelos médicos especializados. Vale reforçar ainda que a Lei regulamentada da profissão é omissa em relação a férias.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

colunista

Aline de Assis Gomes

Estudante de Ciências Sociais na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul,estagiária no Portal Educação.

PORTAL DA EDUCAÇÃO S/A - CNPJ: 04.670.765/0001-90 - Inscrição Estadual: 283.797.118 - Rua Sete de Setembro, 1.686 - Campo Grande - MS - CEP 79002-130 - Atendimento ao cliente