CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Cuidados de Enfermagem: Criança com Desidratação

Artigo por Colunista Portal - Educação - quarta-feira, 11 de abril de 2012

Tamanho do texto: A A

Criança com desidratação ingerindo água
Criança com desidratação ingerindo água
Uma importante responsabilidade consiste na observação de quaisquer sinais de desidratação. As condições nas quais podem surgir alterações com surpreendente rapidez em crianças de pouca idade incluem diarreia, vômitos, sudorese, febre, distúrbios como diabetes, doença renal e anomalias cardíacas, administração de certos fármacos, como agentes diuréticos e esteroides; e traumatismo, como cirurgia de grande porte, queimaduras e outras lesões extensas.

A avaliação de enfermagem diante da suspeita ou possibilidade de perda de líquido começa com a observação do aspecto geral do paciente e, a seguir, com observações específicas.

Controle de Ingestão e Excreta

As medidas precisas da ingestão e excreta de líquidos são de suma importância para avaliação parenteral e perdas por meio de urina, fezes, vômitos, fístulas, aspiração nasogástrica, suor e drenagem de feridas. A avaliação da excreta deve ser realizada por meio de:

- Urina: avaliar frequência, volume, coloração e densidade urinária (DU).
- Fezes: avaliar frequência, volume e consistência das evacuações.
- Vômitos: avaliar volume, frequência e tipo de vômito.
- Sudorese: só pode ser estimada por meio da frequência de troca de roupas e lençóis.

Importante
Na criança especialmente considera-se 1 g de fralda úmida = 1 ml de urina. Outras observações, além da ingestão e eliminação de líquidos, ajudam a avaliar a desidratação, como:
- Sinais vitais: temperatura (normal, elevada ou baixa, dependendo do grau de desidratação), pulso (taquicardia), respiração (taquipineia) e pressão arterial (hipotensão).
- Pele: avaliar coloração, temperatura, turgor, presença ou ausência de edema e enchimento capilar.
- Mucosas: avaliar umidade, coloração, presença e consistência das secreções.
- Peso corporal: diminuído em relação ao grau de desidratação.
- Fontanela (lactentes): deprimida, mole, normal.
- Alterações sensoriais: presença de sede.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.