CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

UTI: Manual de normas, rotinas e procedimentos

Artigo por Colunista Portal - Educação - terça-feira, 2 de abril de 2013

Tamanho do texto: A A

Existem diversos formulários a serem preenchidos no hospital
Existem diversos formulários a serem preenchidos no hospital
Formulários e impressos especiais devem ser planejados, segundo as características da unidade, a fim de conter de maneira regular os registros de um período de 24 horas. Alguns procedimentos são aplicáveis à maioria dos pacientes e podem ser estabelecidos como rotina.

Entende–se por Manual de Enfermagem o instrumento que reúne, de forma sistematizada, normas, rotinas, procedimentos e outras informações necessárias para a execução das ações de enfermagem.

Os Manuais podem ser elaborados à partir de duas situações: quando na fase de organização e programação das atividades de um serviço e quando este já está em funcionamento e requer a atualização de normas e procedimentos. Em ambas a situações, a metodologia a ser aplicada é a mesma.

As etapas para a elaboração de um manual de enfermagem podem ser sintetizadas em:

- Diagnóstico da situação: é feito com base no levantamento e na análise das informações do serviço de enfermagem. A estrutura organizacional onde o serviço está inserido, a filosofia norteadora das ações, os objetivos que devem ser alcançados em função da clientela, as ações de enfermagem que devem ser desenvolvidas e por quem, os recursos humanos e materiais disponíveis, o sistema de informação existente e os problemas enfrentados na prestação da assistência de enfermagem.

- Determinação dos assuntos: a análise das informações coletadas define que instrumentos o manual deve conter e qual o conteúdo desses instrumentos. Nesta fase será decidido se para um determinado assunto será melhor a elaboração de um procedimento ou de uma rotina, de acordo com a situação analisada.

- Estruturação e confecção dos instrumentos: a estruturação envolve a ordenação (seqüência lógica, agrupamentos) e apresentação dos assuntos (numeração, linguagem, disposição na folha).Após essas definições de estrutura, cabe definir quem vai escrever os instrumentos, preferencialmente o grupo de enfermeiros que atua ou atuará no setor; independente de quem irá escrever, é importante que o conteúdo seja analisado pela pessoa diretamente envolvida na situação.

- Implantação: quando elaborado com a participação de toda a equipe, torna – se mais fácil, pois as informações nele contidas representam o consenso do grupo que o colocará em prática. Caso não tenha havido a participação da maioria dos funcionários, faz – se necessário o preparo do grupo para a sua implantação, esclarecendo principalmente seus objetivos, conteúdo e resultados. O manual deverá estar acessível aos usuários, e orientações deverão ser dadas quanto ao manuseio do mesmo.

- Avaliação: o manual deve ser utilizado e, para isto, suas informações devem sofrer constantes avaliações e reformulações. Um manual desatualizado provavelmente se tornará desacreditado. A atualização pode ser programada para períodos previstos ou quando surgirem mudanças, desde que todos os usuários sejam previamente.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.