artigo

quarta-feira, 24 de outubro de 2012 - 14:30

Tamanho do texto: A A

A importância da recreação na educação infantil

por: Danniele Dias Soares

A importância da recreação na educação infantil
A importância da recreação na educação infantil

APRESENTAÇÃO
O presente projeto de pesquisa, que tem como tema "Aulas Recreativa nas Turmas de Educação Infantil- Uma nova forma de desenvolver nossas crianças.", pretende mostrar a importância de tornarmos as aulas de Educação Infantil, mais atrativas e dinâmicas.


Valorizando sempre o desenvolvimento pleno do educando. Apresentaremos algumas atividades que podem ser desenvolvidas com alunos de 2 à 6 anos, em turmas de Educação Infantil, com materiais fáceis de serem produzidos pelo educador utilizando materiais recicláveis, tal como garrafas pet.


Unindo o desenvolvimento corporal, com a consciência ambiental, que deve ser incentivada desde a infância. O desenvolvimento deste projeto poderá contribuir para o conhecimento de novas metodologias de ensino que possibilitarão a compreensão dos conteúdos trabalhados em sala de aula com crianças da pré-escola, valorizando e ampliando o conhecimento prévio que todo individuo adquiri no ambiente familiar e social.



PROBLEMATIZAÇÃO
Ao observarmos as aulas de Educação Infantil, constatamos que a maioria das escolas com essa modalidade ainda não disponibilizam aos educando aulas recreativas, com atividades que valorizem o desenvolvimento psicomotor, o equilíbrio, a coordenação motora (grossa e fina), a lateralidade, a noção de espaço, etc. Tendo como base os PCNs, percebemos que na teoria essas atividades já foram dadas, a sua real importância. Mas, ao buscarmos a sua utilização, não encontramos.


Ainda temos uma educação presa a metodologias tradicionais e conceitos diferentes dos que são previstos. As instituições de ensino não oferecem condições para a realização dessas praticas, falta material adequado e profissionais capacitados.


Percebe-se um grande número de docentes com formação inadequada atuando em salas de educação infantil, falta professores com formação pedagógica para lidar com as dificuldades de aprendizagem heterogenia, onde algumas crianças apresentam desenvolvimento acima da sua faixa etária, outras com um desenvolvimento muito abaixo, comprometendo assim o processo de aprendizagem.


Por tanto, faz-se necessário repensar que tipo de profissionais queremos atuando nas salas de educação infantil, como melhorar sua formação e, que metodologias favorecem o desenvolvimento cognitivo, psicomotor, social, e cultural das crianças nos primeiros anos de contato com a educação formal ( escola).

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Danniele Dias Soares

Estudante do 2º Periodo de Licenciatura em Educação Física. pelo Instituto de Estudos e Pesquisas do Vale do Acaraú - IVA em parceria com a Universidade Estadual do Vale do Acaraú -UVA

Educação Física