Desenvolvimento de Pessoal

Desenvolvimento de Pessoal
RECURSOS-HUMANOS

Desenvolver pessoas não é o mesmo que treinar pessoas. Esse conceito de desenvolvimento de pessoas é mais amplo, pois tem como o objetivo principal capacitar as pessoas para serem profissionais de sucesso.

Conforme descreve Milkovich e Boudreau, em seu livro sobre Administração de recursos humanos, de 2000: "Desenvolvimento é o processo de longo prazo para aperfeiçoar as capacidades e motivações dos empregados a fim de torna-los futuros membros valiosos da organização".

Claro que não será desenvolvido o profissional perfeito, já que a perfeição humana não existe, mas o que se busca é estabelecer um perfil dentro do ideal que a empresa deseja, para isso é importante saber que o profissional plenamente desenvolvido é uma pessoa com boa formação, experiência garantida na área, uma pessoa disposta a aprender sempre mais, tem vínculos fortes de amizade, conquista com facilidade o respeito das pessoas e de preferência ser arbitrário quando existir conflitos.

Mas qual a necessidade de se ter profissionais desenvolvidos?

No mundo de hoje é primordial. O mercado de trabalho vem passando por mudanças radicais do qual algumas empresas passaram a ser multinacionais e funcionários com um outro idioma em nível avançado à fluente, com as características descritas acima tem grandes chances de ser o representante principal dessa multinacional e conquistar os benefícios que todo profissional sonha quando inicia uma carreira, como altos salários, benefícios estendido a família, respeito dentro da empresa pelos demais colaboradores, reconhecimentos dos concorrentes. Para essas empresas, os profissionais precisam ter não só o aprendizado no idioma, como experiência internacional, com viagens e cursos no exterior e uma grande habilidade de relacionamento, pois estará enfrentando uma cultura e pessoas muito diferentes do convívio do país nativo.

Outros motivos que levam as empresas desenvolverem os funcionários são os aumentos de concorrentes (a maior realidade no momento), sendo que muitos dos concorrentes não são empresas físicas e sim virtuais, que prestam um serviço tão qualificado que os clientes preferem buscar os produtos necessários nas empresas virtuais no conforto da casa, pois sabe que serão bem atendidos e algumas vezes até mais rápido que se comprar algum produto em loja física.

Nem sempre o desenvolvimento profissional parte da empresa, muitas vezes os funcionários deverão se demonstrar proativos e buscar com seus próprios recursos o desenvolvimentos que tanto precisam. Alguns percebem que podem estar ficando para trás por faltar alguma competência, que também podemos chamar de CHA (conhecimento, habilidade e atitude), e o mesmo tem que buscar se habilitar para viver a concorrência interna, ou seja, entre os próprios funcionários da empresa.

O desenvolvimento de pessoal está cada vez mais ganhando destaque, porque ele tem como objetivo estratégico o crescimento e a sustentabilidade das organizações para enfrentar as rápidas mudanças que os tempos atuais e a globalização estão proporcionando, assim com funcionários desenvolvidos, as empresas conseguem buscar o crescimento e até mesmo a manutenção dela na posição de liderança no mercado.

Patricia Souza Mejdalani
Meu nome é Patrícia Mejdalani, sou da cidade de Angra dos Reis. Estou graduada em Administração desde 2006 e em 2012 concluir minha MBA em Gestão Estratética de Pessoas. Sou tutora presencial de Gestão de Pessoas pela UFRRJ, na faculdade de Administração no campus Cederj - Angra dos Reis e professora presencial na Universidade Estácio de Sá Campus Angra dos Reis.
Seja um colunista
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

ARTIGOS RELACIONADOS