O tratamento da dependência química na empresa

O tratamento da dependência química na empresa
PSICOLOGIA
A dependência química custa milhões de reais às empresas. Adictos estão mais aptos a ficar doentes, estão mais predispostos a acidentes de trabalho e lesões do que outros funcionários e causam danos diretos e indiretos a seus colegas de trabalho. A empresa que enfrenta esse tipo de problema tem duas decisões que podem ser tomadas acerca desses funcionários dependentes de álcool e/ou outras drogas; demiti-los ou fornecer um programa de reabilitação.


Só no Brasil, metade das faltas e 40% dos acidentes de trabalho, estão ligados à dependência química, principalmente do álcool. Para solucionar o problema, em vez de demitir, muitas empresas oferecem aos funcionários serviços de prevenção e tratamento.


Segundo literatura de John Burns, Ph.D (“Tratamento da Dependência Química na Empresa no Brasil”), pra cada dólar gasto com os prejuízos causados pela doença, são economizados de4 a5 dólares quando se investe em prevenção.


Como resultado prático da implantação de programas de reabilitação dentro das empresas, podemos observar que, um funcionário dependente quando participante do programa, chega a produzir cerca de 60% a mais do que um funcionário que nunca teve problemas com quaisquer dependências.


E para quem imagina que programas desse tipo é novidade no Brasil, está enganado, pois mais de 150 empresas já utilizam esse tipo de programa. Que já vem sendo utilizado como pré-requisito para implementação da qualidade no ambiente de trabalho e principalmente como ferramenta base de prevenção relacionada à segurança no trabalho.


Além de existirem recursos governamentais e jurídicos que permitem à empresa ser ressarcida do valor gasto com a recuperação de seus funcionários.


Então, tratar um funcionário na empresa ao contrário do que se pensa, é mais lucrativo do que demiti-lo e traz resultados altamente satisfatórios. E quando feito de maneira correta, com a utilização da técnica de Intervenção Orientada, dificilmente não funciona.

Thiago de Araújo Tenorio
THIAGO TENÓRIO é Psicoterapeuta (CRT-47852) e Consultor, especialista em Dependência Química e outras Compulsões pela ABEAD, Prevenção às Drogas pela UFSC e Aconselhamento Terapêutico pela SENAD. Graduando em Psicologia pela UNIP Alphaville. É Fundador do Núcleo de Estudos sobre Alcoolismo e outras Dependências. É CEO e presidente da TT Consultoria, promove cursos e treinamentos em todo o país.
Seja um colunista
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER