Oligoelementos

Oligoelementos
ESTETICA

 Os compostos minerais, representam cerca de 4-5% do peso corporal humano. São designados sais minerais, quando estão presentes no organismo em grandes quantidades e oligoelementos, quando se encontram em quantidades mínimas.



Os sais minerais e oligoelementos, são um dos componentes fundamentais dos ossos e dentes. Alguns desempenham um papel importante na regulação do equilíbrio hídrico do organismo, outros são necessários como cofatores nas reações enzimáticas, como as que permitem transformar os alimentos em energia.



Para nós, a principal fonte destes elementos é a alimentação, desempenhando um papel importante no metabolismo, sendo uma parte deles eliminada nas fezes com os resíduos do processo da digestão e também na urina. Outra parte é perdida na transpiração.



Os sais minerais presentes no corpo subdividem-se em metais e metalóides.



Os metais mais importantes são o sódio, o potássio, o magnésio e o cálcio, todos eles fornecidos na alimentação.



Os metalóides são o cloro, o fósforo e o enxofre.



Os oligoelementos entram na composição do organismo em proporções ínfimas e o intervalo entre dose útil e dose tóxica é muito estreito. Essenciais são o crómio, o ferro, o flúor, o iodo, o cobalto, o cobre, o magnésio, o molibdénio, o níquel, o selénio, o vanádio, o zinco e o estanho. São considerados acessórios o alumínio, o arsénico, o bário, o bromo, o silício, a prata e o titânio.



Alguns alimentos são particularmente ricos nestas substâncias: o leite e lacticínios em cálcio, a carne e enchidos em ferro, o peixe de mar em iodo, o pão integral e todos os cereais integrais em ferro e magnésio, as batatas em potássio, as verduras e alface em magnésio e potássio, os legumes secos em magnésio, cálcio e ferro, a fruta em potássio e magnésio.



Alguns oligelementos:



Ferro

Função Orgânica: Antianemico (constituinte essencial dos globulos vermelhos).

Carências: Anemia.

Fontes Principais: Fígado, legumes secos.

Quantidade Diária: Homem 10 mg, Mulher 16-18 mg



Cobre

Função Orgânica: Antianemico.

Carências: Anemia.

Fontes Principais: Fígado, peixes de concha.

Quantidade Diária: 2-3 mg



Manganês

Função Orgânica: Age ao nível dos problemas cutâneos.

Carências: Irritação e outros problemas cutâneos.

Fontes Principais: Legumes verdes e beterrabas.

Quantidade Diária: 3 mg



Iodo

Função Orgânica: Assegura o bom funcionamento da tiroide, age no crescimento e no desenvolvimento mental.

Carências: Nanismo e deficiência intelectual.

Fontes Principais: Sal marinho, peixes de agua salgada e crustáceos.

Quantidade Diária: 0,12 mg

Uso Cosmético



Em tratamentos estéticos são muito utilizados em máscaras (oligoelementos contidos em argilas, algas etc.) e cremes e loções antienvelhecimento. Pode-se considerar como fonte principal de oligoelementos as algas e o plâncton marinho.



No segmento cosmético, os oligoelementos de maior interesse são:



Iodo - Utilizado na talassoterapia, no tratamento estético da celulite em cremes que contêm algas (principalmente Fucus vesiculosus). O iodo é importante na produção de hormônio que regula a glândula tireóide.



Cálcio - É um mineral essencial para a formação dos ossos. Cerca de 99% do cálcio presente no organismo humano concentra-se nos ossos. O restante auxilia em outras funções como neurotransmissão e coagulação do sangue. Em estética, sua função é de melhorar a permeabilidade da membrana celular, controlando a entrada de nutrientes. Utilizado principalmente na forma de máscaras e soluções ionizantes. A deficiência em Cálcio faz com que o cabelo fique frágil e quebradiço.

O Cálcio contribui para o metabolismo do ferro e vitaminas ; sua ação também é essencial para o mecanismo enzimático da formação das proteínas do cabelo.


Cobre - É um dos co-fatores da enzima superóxido-dismutase (SOD), redutora dos radicais livres (RL), sendo também co-fator da enzima tirosinase, que participa do metabolismo para a formação da melanina. No organismo, auxilia na absorção do ferro.



Fósforo - Faz parte dos fosfolipídios, essenciais como constituintes das membranas celulares.



Magnésio - Participa da construção óssea e do metabolismo dos carboidratos. É co-fator de várias enzimas e está ligado às reações biológicas da derme. Combate a fadiga e o estresse.


Manganês - Traços desse elemento ajudam na formação do tecido conjuntivo, do qual fazem parte as fibras colágenas e elásticas. É co-fator da enzima SOD, participando de formulações antienvelhecimento, principalmente por meio de extratos vegetais ricos nesse oligoelemento. É um dos constituintes do fator de hidratação natural (NMF). Manganês é essencial para a assimilação do mecanismo dos glucídeos e lipídeos, atuando sobre a cutícula do cabelo na sua ideal lubrificação e proteção com a barreira lipídica. Ele controla a elaboração de várias enzimas necessárias para o metabolismo da vitamina B1 e B3 e vitamina C. Existem ainda vários trabalhos que relacionam sua falta à existência da alopécia, sendo que vários tratamentos contra a queda de cabelos o utilizam como aditivo essencial, seja ele considerado pela sua ação direta na síntese de vitaminas do complexo B, ou pelo fortalecimento do bulbo capilar.



Potássio - Age como eletrólito para manter o nível apropriado de fluidos em nosso organismo, incluindo a água.



Selênio - Co-fator da enzima glutationperoxidase, que protege o organismo contra os radicais livres, evitando a peroxidação lipídica das membranas celulares. Protege a pele do estresse oxidativo ambiental, retardando o envelhecimento.



Silício - Essencial para o desenvolvimento e a manutenção do tecido conjuntivo, em particular para a produção de colágeno e das proteoglicanas, que constituem o tecido intersticial da derme. O silício está presente em todas as células. Sua concentração diminui com a idade, trazendo como consequência linhas de expressão e rugas. O silício orgânico participa de vários ativos utilizados em cosméticos (hidratantes regeneradores do tecido conjuntivo e anti-radicais livres). Silício é um dos componentes mais importantes para o cabelo. Ele participa de uma etapa importantíssima da reconstituição do cabelo e luta contra o seu envelhecimento. É essencial para a obtenção dos fios com muito brilho, sendo sua ação ligada à ação do Cálcio.



Zinco - É um co-fator essencial de grande variedade de enzimas envolvidas na síntese de proteínas, na divisão celular e no metabolismo de lipídios e carboidratos, tendo também um papel importante no sistema imune. Apresenta atividade antioxidante (co-fator da enzima SOD), antienvelhecimento, no reparo tecidual, na cicatrização de ferimentos, na regulação do sebo e como antiinflamatório. Zinco é fundamental para a oxigenação celular e reconstituição da membrana celular. Protege os ácidos nucléicos (RNA-DNA), das células e ao mesmo tempo garante a integridade molecular e celular do cabelo.



Na cosmética capilar sua ação mais reconhecida é no tratamento de cabelos enfraquecidos. É extremamente reconhecido no mundo cosmético científico o seu uso para o fortalecimento capilar.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Seja um colunista
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER