Coordenação pedagógica - acompanhamento e orientação do trabalho do professor

Coordenação pedagógica - acompanhamento e orientação do trabalho do professor
PEDAGOGIA
Ao se pensar em prática educativa, a escola tem que refletir radicalmente sobre o seu papel, como será organizado o processo de ensino e de aprendizagem.

Essa reflexão deve ser realizada com o coletivo de profissionais que atua em determinada etapa da educação básica, por exemplo. Outro aspecto que merece destaque é que no momento do planejamento a reflexão sobre a organização pedagógica, como manifesta Saviani (1989, p. 24), deve ser filosófica, ou seja, radical, rigorosa e de conjunto,

Radical: [...] é preciso que se vá até as raízes da questão, até seus fundamentos. Em outras palavras, exige-se que se opere uma reflexão em profundidade.
Rigorosa: [...] deve-se proceder com rigor, ou seja, sistematicamente, segundo métodos determinados, colocando-se em questão as conclusões da sabedoria popular e as generalizações apressadas que a ciência pode ensejar.
De conjunto: [...] o problema não pode ser examinado de modo parcial, mas numa perspectiva de conjunto, relacionando-se o aspecto em questão com os demais aspectos do contexto em que está inserido. [...].

Com a análise realizada de maneira filosófica, por todos os professores e coordenador pedagógico a leitura da realidade torna-se mais clara, objetiva e a organização do trabalho é construída de uma forma que promoverá as intervenções necessárias, provocando assim, as mudanças desejadas.

A coordenação pedagógica ao liderar os momentos de planejamento com os professores tem que dominar os fundamentos que regem o fazer didático e ter clareza na condução de um debate que garanta a criticidade do papel da escola e da forma de organizar os conteúdos, a metodologia a ser utilizada na sala de aula que levem o aluno a superar sua condição inicial e aprofundar o seu conhecimento, ou seja, se aproprie de conhecimentos mais elaborados, de conhecimentos científicos.

Como orientar um planejamento que vai resultar na elaboração do plano de ensino?

A resposta a esta pergunta é a base do trabalho da coordenação pedagógica, pois, o professor, antes de iniciar seu trabalho com os alunos, já deve ter realizado o planejamento de suas atividades, quando vislumbrou todo o caminho a ser percorrido. Isso lhe possibilita conduzir o processo pedagógico com segurança dentro de uma visão de totalidade.

No momento do planejamento a coordenação pedagógica desenvolve o trabalho com os professores objetivando orientar a elaboração dos planos de ensino abordando os seguintes aspectos:

• Traçar o diagnóstico da situação – conhecer os alunos, como a turma está agrupada, suas características. Definir: Para quem se planeja?

• Conhecer os objetivos e a ementa curricular do curso (anos iniciais ou finais do ensino fundamental; ensino médio ou Educação de Jovens e Adultos). Este é o momento de responder por que desenvolver tais temáticas com os alunos? A resposta a esta pergunta deve ficar muito clara para o professor, pois se justifica a importância do estudo e a definição dos objetivos de aprendizagem para cada unidade, assim como o que se pretende alcançar com os conteúdos estudados.

• O que estudar a partir da ementa curricular, dos grandes temas? Momento de definir os problemas a serem trabalhados com os alunos e estabelecer as prioridades, a seleção dos conteúdos e das fontes de referências.

• Como trabalhar os conteúdos com os alunos. Momento de definir a dinâmica da sala de aula, a metodologia que será utilizada para provocar as intervenções necessárias e levar o aluno ao aprendizado.

• O aluno apreendeu o conteúdo estudado? Avançou na sua condição inicial de aprendizagem sobre o conteúdo? Reelaborou conceitos? Para responder a estas perguntas faz-se necessário organizar o processo de avaliação. Momento de verificar a aprendizagem do aluno e a organização do plano do professor.

O resultado deste debate será a elaboração do plano de ensino, que de acordo com a periodicidade poderá ser, o plano de unidade, plano de aula.

Após a realização dos momentos acima descritos, a coordenação deve acordar com os professores como será realizado o acompanhamento do trabalho didático. Sugere-se que o acompanhamento seja sempre feito com orientações que auxiliem o professor no seu trabalho, para tanto é necessário que a coordenação leia atentamente cada plano de ensino, analise as atividades propostas, os instrumentos de avaliação e faça visitas previamente combinadas, na sala de aula.

Quando a coordenação e os professores têm um bom diálogo e estão com suas ideias de trabalho alinhadas, as orientações e observações da coordenação são bem-vindas, pois têm como objetivo alicerçar e valorizar o trabalho do professor em sala de aula.

Existem algumas orientações para o desenvolvimento do papel da coordenação pedagógica junto aos professores. As orientações baseiam-se nos estudos de Vasconcellos (2011).

A coordenação pedagógica como líder do processo de planejamento deve observar que:

• os debates sejam orientados e fundamentados em uma concepção teórica que norteie o trabalho pedagógico da escola;

• todos os professores participem ativamente do planejamento, promovendo a construção coletiva das ideias;

• necessariamente não tem que dominar absolutamente todos os conteúdos das disciplinas e temas em debate;

• toda reunião deve ter uma pauta, logo ter objetivos definidos e tempo para as discussões;

• toda reunião de planejamento, também é um momento de formação entre os profissionais;

• haverá momentos de tensão e esses devem ser resolvidos no grupo, valorizar o embate saudável das ideias e não o conflito pessoal;

• planeja-se para que os alunos se apropriem de conhecimentos científicos;

• uma reunião polarizada não promove a pluralidade de ideias;

• é salutar ter sempre alguém do grupo para auxiliar nas anotações, no controle do tempo, dentre outros.

O trabalho da coordenação pedagógica é complexo e de extrema relevância para a escola, pois exerce o papel político no debate sobre a educação e o papel de indutor de novas perspectivas pedagógicas na busca pela construção do conhecimento do aluno.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Seja um colunista
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER