Análise crítico-reflexiva do filme: "Ao Mestre com Carinho"

Análise crítico-reflexiva do filme:
PEDAGOGIA
1- Primeira cena: (No ônibus)

Nessa cena ocorre uma conversa entre três mulheres simples, que já não são tão jovens. O professor Thackeray fica constrangido, pois as mulheres falam a respeito dos homens. A conversa gira em torno do papel do homem, do ponto de vista das tais mulheres, que tratam o homem como objeto, quando na verdade, as mulheres é que sempre foram tratadas assim, principalmente nesse período dos anos 60/70. Elas falam das intimidades delas e se insinuam para o professor, que apesar de ser negro tem prestígio, pois é culto e se comporta muito educadamente, isso deixa o professor um pouco constrangido, pois ele não está acostumado com mulheres se insinuando, porque para a sociedade da época a mulher devia ser respeitada e respeitosa.

2- Segunda cena: (Encontro com o aluno ao chegar à escola)

Nessa cena podemos já perceber que o aluno tem um desvio de comportamento, pois ele estava fumando e trata o professor com ironia, evidenciando a rebeldia e que as regras ali não existiam. O que deixou o professor pensativo, como se tivesse tentando entender a situação, mas o professor não se intimida e segue adiante.

3- Terceira cena: (Primeiro contato com a turma- visual)
Nessa cena podemos observar que os jovens se vestem de forma diferente dos adultos, os trajes são apertados e curtos; os cabelos grandes e um pouco mal arrumados, pareciam dizer que não concordavam com a maneira de ser dos adultos da época. Os quais pareciam muito certinhos, mas que tudo era hipocrisia, pois nesse período muitas famílias eram divorciadas e isso deixava os jovens perturbados, e eles mostravam através das roupas, dos cabelos e de atitudes que não estavam à vontade com a situação.

4- Quarta cena: (Encontro na sala dos professores)

Nessa cena podemos observar que um dos professores se mostra pouco otimista com os alunos e diz que eles são alunos que foram rejeitados por outras escolas, ou seja, é “o aluno problema”. Então pergunta ao novo professor se ele é o novo cordeiro no matadouro, ou se ele é a ovelha negra, evidenciando o preconceito tanto em relação ao professor quanto o desprezo pelos alunos.

5- Quinta cena: (Encontro com a turma)

Nessa cena podemos observar a falta de respeito pelo professor e a falta de disciplina dos alunos. Que se comportam como se estivessem desfiando o professor. A rebeldia era presente naquele momento, os alunos se mostravam como se estivessem medindo força com o professor, provavelmente tentando intimidá-lo para que ele não levasse a diante seu propósito. Mas o professor reagiu.

6- Sequência das aulas

O professor inicia sua aula fazendo a chamada e em seguida pede para que os alunos leiam qualquer coisa do livro, então percebe que terá dificuldades, pois os alunos não possuem muito conhecimento e só querem brincar. Na sequência, uma professora o alerta que os alunos são de família violenta, e que outro professor tentou ser popular, mas não deu certo. Então ela pede para ele não levar em consideração as brincadeiras dos alunos, pois apesar de tudo eles são pessoas boas e se não se der bem com os alunos eles farão de tudo para acabar com o professor. A aula seguinte foi um fracasso, pois os alunos não prestavam atenção no que o professor dizia e começavam a conversar, sentavam-se sobre as mesas, não tinha a mínima disciplina em sala de aula, ignoravam totalmente o professor, que tentou se impor e controlar a turma, que a princípio pareceu ter sucesso, mas percebeu que ia ter um trabalho difícil, praticamente uma batalha.

E as aulas seguem assim, cada dia que passa os alunos desafiam mais o professor, são brincadeiras, falta de respeito, intimidações, insinuações preconceituosas, o que deixa cada vez mais complicado o trabalho do professor. O tempo passa, e ele continua sofrendo a hostilidade crescente dos alunos, principalmente de Denham, e não consegue passar a matéria prevista no currículo. Mas a gota d’água é quando as meninas queimam algo íntimo delas na lixeira da sala e o professor perde o controle e muda de atitude, ele alegando que os livros são inúteis para aquele grupo.
Então o professor diz aos alunos que, daquele momento em diante, vai passar a tratá-los como adultos responsáveis que, em poucas semanas, estarão deixando a escola e enfrentando o mundo que os aguarda, batalhando por uma vaga no mercado de trabalho, com todas as responsabilidades exigidas pela idade adulta.

7- Sétima cena: (Visita ao museu)

O professor decide levá-los ao museu, fato pouco comum principalmente para aqueles alunos que não despertavam confiança, o que faz essa ideia parecer absurda pela direção da escola, mas que o professor consegue realizar com êxito, fazendo uma grande diferença no comportamento dos alunos. A visita acontece e os alunos ficam encantados.
Na aula seguinte é possível perceber que os alunos já não estão tão hostis com o professor, que também percebe a mudança e tenta tratá-los sempre com muito respeito, ouvindo-os e procurando aconselhar no que for preciso. Mostra a mudança dos alunos, já não há mais rebeldia, principalmente de Denham, com nova postura e modos - vestir, falar etc., após longa reflexão sobre as palavras que o professor lhe havia proferido na cena anterior sobre caráter e a personalidade de um homem. Essa atitude de confiança do professor é o que realmente começa a despertar nos alunos uma admiração pelo professor Thackeray.

8- Oitava cena: (Encerramento do período letivo)
O encerramento do ano letivo acontece com o baile, onde alunos e professores comemoram o fim do ano letivo e a conclusão do curso dos alunos do professor Thackeray. Nessa cena podemos observar a harmonia da turma com o professor, é a satisfação pelo bom trabalho, pois os alunos homenageiam o professor de forma muito emocionante. A aluna Pegg canta a música tema do filme, que se intitula “To Sir with Love”, em Português, “Ao mestre com carinho”.

9- Última cena: (Na sala de aula com os alunos que virão no próximo período)

Nessa cena o professor estava contemplando o presente que acabara de receber dos alunos, quando entram dois novos alunos do ano letivo seguinte, com o mesmo comportamento dos anteriores, rebeldes e indisciplinados. Isso que faz o professor Thackeray refletir e tirar de seu paletó a proposta de emprego que havia recebido e rasgar demonstrado com essa atitude sua opção pela educação e em continuar mudando a conduta dos alunos na escola que lecionava, decidindo mais uma vez mudar a realidade daqueles alunos rejeitados pelas outras escolas.
10- Considerações finais

“Ao Mestre com Carinho” é um drama vivido por um professor negro em uma escola em um bairro de Londres. O professor, tomado de coragem, decide enfrentar uma classe indisciplinada de alunos adolescentes, disposto a transformá-los em futuros homens e mulheres de bem.

O filme traz reflexões sobre alguns problemas sociais, raciais e outros próprios da fase insegura e muitas vezes angustiosa da adolescência. Também apresenta várias mensagens positivas em relação a tudo isso, como por exemplo, que é preciso se relacionar de igual para igual com os alunos, procurando conhecer o motivo de suas atitudes antes mesmo de criticá-las, pois mesmo sendo adolescentes, eles enfrentam problemas, e esses problemas precisam ser resolvidos.

Mark Thackeray é um engenheiro negro que ao estar desempregado decide aceitar uma proposta de ser professor. A turma é de adolescentes que cursam o último ano e que não querem nada com a vida, são extremamente indisciplinados e liderados por Denham, Pamela Dare e Barbara Pegg, e estão determinados a acabarem com Thackeray, como fizeram com o professor anterior.

Logo de início, percebe que a missão a desempenhar não vai ser fácil. Porém, acostumado já com as hostilidades, principalmente por ser negro, enfrenta o desafio, mesmo com seus colegas professores não acreditando na possibilidade de qualquer êxito em seu trabalho como professor. O que realmente faz diferença no método de ensino do professor Thackeray é quando ele percebe que eles estarão deixando a escola e enfrentando o mundo que os aguarda, batalhando por uma vaga no mercado de trabalho, com todas as responsabilidades exigidas pela vida adulta.

Desde então o conteúdo das aulas passa a ser uma conversa franca entre professor e alunos sobre os mais diversos temas como, por exemplo, a vida, sobrevivência, amor, morte, sexo, casamento. Eles vão ter que se submeter a certas formalidades que fazem parte do mundo competitivo que os aguarda, desde a forma de se tratarem entre si, com respeito, ao modo de se vestirem.

A estratégia adotada por Thackeray dá certo e, em pouco tempo, ele se torna o grande líder da classe. Denham ainda tenta hostilizá-lo, mas, termina se curvando diante da nova realidade. Ao final do ano letivo, Thackeray recebe um comunicado que o confirma no cargo de engenheiro-assistente de uma fábrica de rádios no interior. Entretanto, após receber uma calorosa e carinhosa homenagem de seus alunos, tem dificuldades em se decidir se aceita o novo emprego ou se continua lecionando na escola.

Apesar de o filme ser dos anos 60, ainda hoje podemos encontrar situações como aquelas nas salas de aula de hoje. Turmas de adolescentes que vivem o drama de não ter a atenção e carinho devido de seus pais muito ocupados com carreira, situação econômica e a busca neurótica de “ter” para se afirmar nesse mundo capitalista.

Assim, o professor passa a ser responsável por tentar resolver também os dramas vividos pelos seus alunos. É muito importante a atenção e a dedicação do professor com seus alunos, independente da matéria e do programa de ensino, é necessário que haja uma interação maior entre ambas as partes. A sala de aula deve ser um lugar de troca de experiências e de resgate de valores até então perdidos na sociedade, como: gentileza, higiene, cidadania e respeito. O professor jamais pode esquecer que ele é formador de opiniões e por isso não pode ter medo de enfrentar os problemas que são pertinentes à função do educador.

11 - Referência

POITIER, Sidney. Ao mestre com carinho - To sir with love. Estados Unidos da América, Sony Pictures, 1967. 1 DVD/NTSC, 101 min. Color, Widescreen Dolby Digital 5.1.

Eronildo da Silva
Possui Pós Graduação Lato Sensu - Linguística Aplicada ao Ensino da Língua Portuguesa pela FAFIRE - Faculdade Frassinetti do Recife (2014); Licenciatura Plena em Letras, habilitação Português/Inglês pela FSM - Faculdade São Miguel (2012); é Biólogo Licenciado pela Universidade de Pernambuco - UPE (2015); desenvolve função de professor na UPE - Escola de Aplicação - Campus Mata Norte - Prof. Chaves
Seja um colunista
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER