A desvalorização do professor

A desvalorização do professor
PEDAGOGIA
Muitos são os problemas das escolas públicas no país, e um dos principais é a falta de professores. Todo ano é o mesmo dilema, edital disso e daquilo nas paredes das escolas, alguns por afastamento de licença médica, outros por cargo vago. Já se percebe ao longo dos anos que não há muito interesse dos jovens em escolher a profissão professor, essa falta de interesse em tal profissão não é por que outras profissões exibem maior retorno financeiro, poder até ser, Mas o fato é que ser professor hoje não é uma carreira cogitada pela maioria. A explicação para esse desmerecimento da profissão não é só, uma, podemos começar pelo salário ,que pela carga de tarefas deveria ser pelo menos três vezes mais.

Bom, se não fosse necessário corrigir centenas ou até milhares de provas bimestrais e anuais,elaborar diversos planos de aulas,projetos,participar de frequentes reuniões talvez assim seria justificável tal soldo.A questão é que, o condicionamento para se tornar um professor não é lá essas coisas. A dita frase "você faz isso que receberá tanto", não está atraindo ninguém para essa profissão. Quem quer passar horas sem dormir corrigindo provas e trabalhos e ainda elaborar atividades?

Chegamos a um ponto que, ninguém mais quer ser professor. Talvez alguém queira ser, porque não importa os desafios de ser professor para ele, não importa a árdua rotina em pé, os gastos do próprio bolso e noites e noites sem dormir e ainda a triste realidade de aguentar abusos de alguns alunos e a falta de segurança nas escolas. Sabemos que a desvalorização moral e financeira do professor vem afetando até mesmo o ensino em sala de aula. Por tanta falta de motivação muitos desses profissionais estão deixando de lecionar, buscam em outra profissão a realização financeira e a melhora da auto-estima. A falta de professores em sala de aula só está acontecendo devido à desvalorização da profissão.

Os governos deveriam ouvir mais seus professores estaduais e municipais, são eles que lidam com a realidade do contexto que estão inseridos, e são eles os agentes que formam a base de todos os profissionais desse país.

Iraci Cunha Ferreira Costa
Iraci Cunha F erreira Costa. Curso Normal Superior-Habilitações em Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental e da Educação Infantil concluído em 2008 na universidade Antônio Carlos-UNIPAC em Conselheiro Pena,MG. Curso de Licenciatura em Pedagogia(aproveitamento de estudos)pela Faculdade Uni Saber através do ICEP-Instituto Capixaba de Estudos e Pesquisas-ES concluído em 2010.
Seja um colunista
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER