Definição e conceitos da modelagem de roupas

Definição e conceitos da modelagem de roupas
MODA
A modelagem é uma etapa de grande importância no sucesso de uma coleção de moda. Refere-se à técnica pela qual há a interpretação do desenho criado pelo estilista e a sua posterior transformação em molde. O profissional responsável pela modelagem é denominado modelista. Diante disso, ele deve ser escolhido pela equipe de produção de forma bem criteriosa.

Diante do exposto, há duas vertentes dentro do processo de modelagem:

• Modelagem Bidimensional ou Plana

A modelagem bidimensional ou plana é caracterizada por ser um método geométrico que, como o próprio nome indica, utiliza da geometria para a construção dos moldes. Nesse tipo de modelagem, o profissional utiliza dos conhecimentos da geometria e das formas anatômicas do corpo humano, com os quais constroem diagramas feitos em papel. Esses diagramas são representações compostas por traços (linhas horizontais e verticais) baseados nas medidas do corpo humano.

Como pode ser constatada, a modelagem bidimensional ou plana é fundamentada na Matemática e pode ser dividida em Modelagem Bidimensional manual, quando é produzida em papel e Modelagem Bidimensional Computadorizada ou Assistida por Computador.

A modelagem Bidimensional Computadorizada – CAD (Computer aided design), CAM (Computer aided manufacturing) representa a mesma técnica. Porém, aqui, os traços são feitos com o auxílio da tecnologia. Além de, é claro, otimizar o processo.

A modelagem plana é utilizada na indústria, ou seja, em situações que exijam produção em larga escala. Nessas situações, há a produção dos moldes com base em tabelas padronizadas.

• Modelagem Tridimensional ou Moulage

Na modelagem Tridimensional (Figuras 15 e 16) há a utilização do próprio corpo ou de bustos e manequins que remetem às formas humanas, permitindo um trabalho mais efetivo, já que utiliza das medidas e curvas corporais (três dimensões), o que não acontece com a modelagem bidimensional, já que não retrata a profundidade. Esse tipo de modelagem busca dentre outras coisas o caimento perfeito da peça no corpo humano. Normalmente, a Moulage é utilizada em ateliers, onde não há produção em larga escala e as peças são feitas com exclusividade para os clientes.

Na indústria, esse tipo de modelagem também pode ser utilizado para aumentar a precisão do processo. Nesse caso, após ser aprovada, ela passará para o plano bidimensional. A escolha do tipo de modelagem a ser utilizado no processo de produção é feita pelo modelista.

Para que o resultado do trabalho do modelista seja satisfatório é imprescindível que ele tenha bases de modelagem.

Diante do exposto, na modelagem há dois tipos de moldes: os moldes simétricos e os moldes assimétricos. Os moldes simétricos são os que permitem a utilização tanto do lado direito quanto do lado esquerdo do corpo humano. Um exemplo de molde simétrico, que retrata um molde de uma calça feminina.

Os moldes assimétricos são aqueles que não permitem sua utilização tanto do lado direito quanto do lado esquerdo, ou seja, um lado difere do outro.

A função do molde é permitir que as peças sejam produzidas quantas vezes forem necessárias. No esquema abaixo estão dispostos os elementos que devem estar presentes nos moldes.

Colunista Portal - Dia A Dia E Estética
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER