Hipertensão pulmonar do recém-nascido

Hipertensão pulmonar do recém-nascido
MEDICINA
Conceito: a hipertensão pulmonar persistente do recém-nascido (HPPRN) caracteriza-se pelo aumento da resistência vascular pulmonar, associado ao shunt direito para o esquerdo pelo forame oval e/ou canal arterial, resultando em um desequilíbrio da relação ventilação/perfusão e hipoxemia severa.

Causas: hipóxia perinatal, pneumonia, hipotermia, hipoglicemia severa, policitemia, aspiração meconial, SDR e outras.

Clínica:
Cianose persistente que se assemelha à cianose encontrada nas cardiopatias congênitas, labilidade da oxigenação principalmente ao manuseio, com quedas de saturação de oxigênio;

- Taquidispnéia com retrações subcostais e, ausculta pulmonar, encontra-se a segunda bulha desdobrada e, às vezes, um sopro contínuo;
- O fenômeno “flip-flop” é bastante sugestivo da hipertensão pulmonar e pequenas alterações na FIO2 ou na PPI causam grandes alterações de saturimetria;
- Teste de hiperventilação: com o paciente intubado, no ventilador ou com ambú com oxigênio a 100%, o paciente é hiperventilado até que a PCO2 atinja 25mmhg, o quadro é sugestivo de hipertensão pulmonar se a saturimatria melhora à medida que a hipocapnia aumenta. Muita atenção para evitar barotrauma em cardiopatias cianozantes, a oxigenação não melhora com a hipocapnia e a PO2 não ultrapassa 100mmhg em nenhuma das fases.

Tratamento:

- Instalar ventilação mecânica para corrigir a hipóxia e a acidose, geralmente mantém a PO2 mais alta entre 80 a 150 mmHg nos RN a termo e nos prematuros entre 80 a 85mmHg;
- Manter o RN aquecido e evitar manuseio e dor;
- Corrigir distúrbios hidroeletrolítico e hipoglicemia;
- Uso de drogas inotrópicas se necessário como: dopamina e dobutamina;
- O pH deve ser mantido entre 7,45 e 7,55 com hiperventilação (PCO2 em torno de 35 mmHg) e administrar bicarbonato para corrigir a acidose;
O hematócrito deve ser mantido acima de 40%;
Manter o RN sedado para evitar a competição com o respirador;
Já os RN que não respondem ao tratamento convencional e persistem com um índice de oxigenação > 25 são candidatos ao tratamento com óxido nítrico, porém ainda é tratamento experimental.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER