Contradições: Comer carne de porco contamina o humano com a gripe suína?

Contradições: Comer carne de porco contamina o humano com a gripe suína?
MEDICINA

Agora ficou difícil. O humano pode ou não ser contaminado pela gripe suína comendo a carne de porco? De acordo com divulgações da FAO e da OIE (agências da ONU para alimentação e saúde animal, respectivamente), dizem que o consumo de carne não representa risco quanto à nova doença. Porém, não é o que diz a mais nova declaração da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Segundo a OMS, carnes de porcos contaminados com o vírus A/H1N1 não devem ser consumidas por humanos, já que tal vírus pode sobreviver ao congelamento e esteja presente na carne e no sangue após o degelo.

“É preciso ter precaução no consumo da carne de porco. Segundo a OMS, ainda está sendo verificada a possibilidade de sobrevivência do vírus no sangue de animais contaminados e a possível sobrevivência ao congelamento”, declara a médica veterinária e tutora do Portal Educação, Danielle Pereira.

O diretor do Departamento de Segurança Alimentar, Zoonoses e Doenças de Origem Alimentar da OMS, Jorgen Schlundt, diz que até agora, não há dados disponíveis sobre a sobrevivência do vírus na carne, nem qualquer dado sobre a dose infecciosa para pessoas. Vale ressaltar que o novo vírus H1N1 está sendo transmitido entre pessoas, e não de porcos para pessoas. Acontece que há a mistura de elementos genéticos de vírus suínos, humanos e aviários.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Seja um colunista
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

ARTIGOS RELACIONADOS