O Mercado de trabalho e suas exigências

O Mercado de trabalho e suas exigências
INICIACAO-PROFISSIONAL
Até alguns anos atrás, era mais fácil analisar o mercado de trabalho, pois o leque de opções era bem menor.

Por um lado, com toda esta amplitude de profissões que existe atualmente, as chances de descobrir a profissão ideal e sua verdadeira vocação são maiores. Por outro lado, em muitos casos, a profissão que se encaixa perfeitamente é a que tem a menor remuneração ou menor chance de desenvolver uma carreira.

Independente da profissão escolhida, para quem quer seguir carreira é importante analisar como o mercado de trabalho se comporta para uma determinada profissão.

Nesse momento é importante informar-se sobre: qual o salário inicial? Quanto tempo se leva em média, para chegar a uma situação financeiramente satisfatória na carreira? Há oportunidades de emprego imediato na cidade ou região? Qual é a perspectiva futura da carreira - está em fase de saturação, de expansão, ou é uma carreira estável? Quais os estudos complementares que são exigidos?

Além desses fatores, é fundamental entender o que as empresas buscam em um profissional, conhecer as novas regras de trabalho, relações de competição, exigências da globalização, enfim, tudo o que é preciso para fazer parte de um mercado tão concorrido.

Para se conseguir as melhores vagas, é necessário desenvolver algumas competências além do conhecimento técnico que a profissão exige.

Agora vamos conhecer quais são elas:

- Domínio de um segundo idioma, se possível até um terceiro idioma;

- Conhecimento de informática;

- Boa comunicação oral e escrita;

- Aptidão para trabalhar em equipe;

- Ser proativo, ou seja, ter iniciativa para tomar decisões;

- Capacidade de adquirir, processar e aceitar novas informações e mudanças;

- Refletir sobre erros e acertos;

- Versatilidade funcional;

- Liderança;

- Cultura geral;

- Criatividade.

No entanto, muitas destas exigências são intrínsecas, ou seja, foram desenvolvidas na própria formação do jovem como ser humano. Para aprender ou desenvolver estas competências, serão necessários estudos e cursos extracurriculares, além de uma boa oportunidade de estágio.


ESTÁGIO

Para lidar com as transformações do mercado de trabalho, o jovem precisa encarar seu curso de graduação como um passo para a construção de sua carreira. Para isso, deve se aperfeiçoar constantemente e desenvolver suas habilidades e competências dentro do próprio mercado de trabalho.

A melhor maneira de fazer isso acontecer, é através de um estágio, que nada mais é que, uma atividade de aprendizagem profissional e social, proporcionadas ao aluno pela sua participação em situações reais de trabalho.

Ao vivenciar tais situações, o aluno desenvolve competências e habilidades direcionadas à sua profissão e aprende que o seu futuro profissional está em suas mãos, não dependendo mais de nada, além de seu próprio esforço.


Atenção!!!

O estágio pode servir também, para validar a escolha profissional, pois permite ao aluno confrontar as atribuições reais da profissão com as suas expectativas, apontando se acertou ou não ao escolher aquela profissão.

Com características diferentes dos estágios, mas caminhando na mesma linha de desenvolvimento de carreiras, temos os trainees.


TRAINEE

A palavra trainee tem origem em “treinamento” (do inglês “training”). São programas desenvolvidos, principalmente por grandes empresas nacionais e multinacionais com a intenção de captar e reter jovens talentos.

Geralmente são jovens que estão cursando os últimos anos de faculdade ou recém-formados que após um longo treinamento, são preparados para ocupar cargos estratégicos. Diferente de um estagiário que inicia no trabalho com o objetivo de aprender e ganhar experiência, o trainee é preparado para fazer carreira em determinada empresa. Estas empresas recrutam estes jovens através de uma seleção extremamente complexa e longa, com o objetivo de utilizá-lo no suprimento de suas funções técnicas e gerenciais. Para os escolhidos, esta é uma grande oportunidade de desenvolvimento em suas carreiras profissionais.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Seja um colunista
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER