Perda Auditiva Induzida Por Ruído

Perda Auditiva Induzida Por Ruído
FONOAUDIOLOGIA
O termo ruído é usado para descrever sons indesejáveis ou desagradáveis. Quando o ruído é intenso e a exposição a ele é continuada ocorrem alterações estruturais na orelha interna, que determinam a ocorrência da Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR).

A PAIR é definida como perda auditiva neuro sensorial bilateral, geralmente simétrica, manifesta-se inicialmente nos agudos, na faixa dos 3.000 aos 6.000Hz. Atinge perdas de até 40dB nas frequências baixas e 75dB nas altas.

Os trabalhadores acometidos pela PAIR apresentam como sintomas:
- perda auditiva;
- dificuldade de compreensão de fala;
- zumbido;
- intolerância a sons intensos;
- o trabalhador portador de PAIR também apresenta queixas, como cefaléia, tontura, irritabilidade e problemas digestivos, entre outros.

A PAIR é o agravo mais frequente à saúde dos trabalhadores, estando presente em diversos ramos de atividade, principalmente siderurgia, metalurgia, gráfica, têxteis, papel e papelão, vidraria, entre outros.

A audiometria ocupacional deve ser realizada em todos os trabalhadores que exerçam ou irão exercer atividades em ambientes ruidosos e tem como objetivo avaliar a audição dos trabalhadores e detectar possíveis alterações. É uma obrigação legal! É muito importante que seja realizada na admissão do funcionário, seis meses após a contratação, anualmente e na demissão.

Aline Tenório Lins Carnaúba
Graduada em Fonoaudiologia pela UNCISAL (2010). Doutoranda em Biotecnologia em Saúde pelo RENORBIO. Mestre em Saúde da Comunicação Humana pela Universidade Federal de Pernambuco (2014). Especialização em Audiologia pela Faculdade Integrada Tiradentes (2011).
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER