Síndrome inflamatória da reconstituição imune no tratamento anti-retroviral

Síndrome inflamatória da reconstituição imune no tratamento anti-retroviral
FARMACIA
A IRIS caracteriza-se por intensa e exacerbada resposta inflamatória, associada à reconstituição imune ocasionada pelo tratamento anti-retroviral cujas manifestações refletem a presença de infecções subclínicas, tumores, ou mesmo desordens auto-imunes (embora menos freqüente, já foi constatado o aparecimento de doença de Graves). Sua ocorrência se tornou mais freqüente após a introdução da terapia anti-retroviral altamente ativa nos anos 90.

Os agentes infecciosos mais comumente relacionados à IRIS incluem o Herpes Zoster, Cytomegalovirus (CMV), o M tuberculosis ou complexo Mycobacterium avium, e o Cryptococcus neoformans.

Na co-infecção HIV/tuberculose, a IRIS é igualmente conhecida como “reação paradoxal” e é caracterizada pela exacerbação das manifestações clínicas da TB em decorrência da reconstituição imune e boa resposta ao tratamento. Devido à elevada freqüência da IRIS, cabe considerá-la em pacientes que iniciaram recentemente terapia anti-retroviral ou que obtiveram boa eficácia a um esquema de resgate terapêutico. A ocorrência de reação paradoxal não indica a suspensão ou mudança da TARV.

Menos freqüentemente, podem ser encontradas manifestações neurológicas, tais como as lesões desmielinizantes com efeito expansivo da leucoencefalopatia multifocal progressiva e tuberculomas cerebrais. A exacerbação da corioretinite do CMV, pode também estar acompanhada de uveíte. Adicionalmente, observam-se casos de IRIS associada à encefalite causada pelo próprio HIV.

O manejo da IRIS inclui a manutenção da TARV, tratamento das doenças desencadeadas e introdução de corticosteróides sistêmicos nos casos mais graves.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER