Fármacos estruturalmente inespecíficos

Fármacos estruturalmente inespecíficos
FARMACIA
Os fármacos estruturalmente inespecíficos são fármacos que dependem exclusivamente de suas propriedades físico-químicas como o coeficiente de partição e o coeficiente de ionização para promoverem o efeito farmacológico. Um exemplo clássico destes fármacos são os anestésicos gerais, onde a potência desta classe de fármacos está diretamente relacionada com a sua lipossolubilidade.

Existem casos onde a alteração das propriedades físico-químicas decorrentes de modificações estruturais de uma molécula pode alterar seu modo de interação com a biomacromolécula. Podemos exemplificar este fato, destacando a classe dos anticonvulsivantes, onde pentobarbital (a) é estruturalmente específico sobre o receptor ionotrópico GABA. Porém, uma simples substituição de um átomo de oxigênio por um átomo de enxofre produz o tiopental (b), cuja lipossolubilidade é maior e tem ação anestésica inespecífica.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Seja um colunista

ASSINE NOSSA NEWSLETTER