O Novo Profissional da Beleza no Brasil

O Novo Profissional da Beleza no Brasil
ESTETICA

Em minha primeira colaboração, gostaria muito de ratificar a enorme quantidade de "profissionais" cabeleireiros que estão surgindo no mercado nacional. O Brasil hoje é o terceiro país no ranking mundial em consumo de produtos de beleza e estética, e dessa maneira, fica fácil entender o porquê de tantas pessoas buscarem esta profissão.

Existem inúmeras escolas de cabeleireiros que vão desde as pequenas, onde um profissional com grande experiência na área resolve ensinar algumas poucas pessoas em troca de uma mensalidade. Apesar de geralmente oferecer um certificado, é uma escola sem nenhum método de ensino fundamentado, e seu certificado, não tem valor didático, sendo assim, não lhe servirá como referência para conseguir um bom emprego na área. Em contra partida, existem as grandes escolas de cabeleireiros profissionais, onde se utilizam de um método de ensino, e forma grandes números de pessoas. Por serem de grande porte investe em marketing, que a tornam reconhecida nacionalmente ou numa determinada região. Seu certificado tem certo valor no mercado de trabalho. Principalmente pelo fato de se aplicar um método com intensão profissional, onde se forma uma pessoa apta a atuar no mercado de trabalho com certa responsabilidade.

Isso de certa forma me gera uma preocupação. Por mais que o aluno da grande escola saia praticamente um profissional, e uma pessoa de uma pequena escola, se forma entendendo um pouco de como cortar cabelo, existem algumas coisas que não se aprende em um curso! Ética profissional, por exemplo, vejo muitas situações onde o dito "profissional" orienta a sua cliente a comprar uma tinta na perfumaria que o mesmo fará apenas a aplicação, me digam: Onde está o profissionalismo nisso?

Minha recomendação como profissional há 13 anos no mercado é: de fez um curso numa grande escola, primeiramente encontre um salão pra trabalhar e aprender as rotinas do salão, forma de atender o cliente, produtos adequados, entre outros. Se fizer um curso numa pequena escola, então, primeiramente busque fazer cursos de nível profissional, onde o certificado tenha valor no mercado de trabalho, em seguida, trabalhe em algum salão para adquirir experiência. Essas recomendações são muito importantes para quem deseja abrir um salão e ter qualidade.

Fabricio Pereira
Profissional cabeleireiro formado em uma das mais renomadas instituições do Vale do Paraíba. Com 12 anos de profissão, especialista em colorimetria aplicada, visagismo e técnicas de descoloração. Criador do blog Entenda Colorimetria, publicando artigos que auxiliam aperfeiçoa profissionais iniciantes ou mais experientes nas formas teóricas dessa magnífica área da beleza.
Seja um colunista
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER