Ética e postura do profissional depilador

ESTETICA
A palavra "ética" é derivada do grego e significa aquilo que pertence ao caráter, é o nome geralmente dedicado aos assuntos morais.

Abrangendo questões morais, normativas e jurídicas, a ética profissional, deve estar presente em todas as profissões, e conseguimos essas regras às vezes por meio de estatutos e códigos específicos. Em nossa vida pessoal e social, devemos sempre buscar nos comportar de maneira ética e moral.

Fazer e agir estão relacionados com nossas ações, ou seja, fazer seria competência e eficiência do profissional, e o agir seria à sua conduta e atitudes em conjunto que o profissional deve ter ao desempenhar suas atividades.

Nós podemos contribuir de maneira positiva (ou negativa) para a construção da imagem no mercado de trabalho.

Devemos lembrar também que o comportamento ético não se restringe apenas aos assuntos profissionais e sim em todo nosso comportamento de maneira geral.

Devemos lembrar que, além dos nossos clientes a conduta ética deve, ser também para com os colegas de profissão, os fornecedores e aos profissionais de outras áreas, esse comportamento contribui de maneira significativa para nosso sucesso.

A ética profissional deve ser praticada em todas as áreas, negócios e profissões, mas é na prestação de serviços em especial a área da beleza em que é mais notada. Como por exemplo, entre esteticista, maquiadores, cabeleireiros, depiladores, manicures e pedicuras.

Todo profissional ético e competente deseja que suas atividades aconteçam com perfeição. O ideal é não pensar somente na execução do procedimento, leve em consideração as preferências de seus clientes. Por exemplo, mesmo tendo sido procurado para realizar o design de sobrancelhas e a preferência seja para um formato fora do ideal, procure ouvir primeiramente e depois expor de forma simples e educada sua opinião profissional, exponha o que seria melhor, qual a finalidade, quais os resultados, claro que haverá diferenças entre as pessoas, mas se formos flexível, poderá aproveitar melhor o encontro e reforçar laços entre cliente e profissional.

Acreditar em si mesmo, é um fator importante, os certificados e diplomas agregam em seu currículo, as experiências profissionais anteriores também, contudo a autoconfiança em seu trabalho faz um diferencial enorme, pois transmite segurança ao cliente, nosso posicionamento no mercado depende muito de nossa postura.

Posturas como, ser pontual entre um cliente e outro, respeitar as diferenças, evitar comentários e críticas destrutivas, se envolver em conversas particulares entre clientes sem ser convidado a participar da conversa faz parte de atitudes de um bom profissional.

Mantenha uma postura sóbria, discreta na maneira de tratar seus clientes e mantenha uma fisionomia imparcial. Devemos dar atenção ao cliente, com educação e cortesia, nunca usar gírias e pseudônimos, apelidos (caso o cliente não seja acostumado a ser tratado).

Nunca devemos forçar outro tipo de serviço, mesmo que estando dentro de um estabelecimento de estética, deixamos os clientes a vontade em conhecer os serviços oferecidos ali, podemos sim usar o marketing e convidar para conhecer os outros setores (cabeleireiros, estética, manicura....) entregar um cartão ou folder (caso seja a primeira visita) mas se o cliente apresentar desconforto ou resistência estando com pressa, nunca forçar .

É importante levar o cliente até o local de atendimento e acompanhá-lo na saída até a recepção, nos despedindo de maneira agradável e deixando naturalmente a sensação que estou pronta a servi-los em outra oportunidade. Devemos lembrar sempre:

- Ter um local de trabalho que seja agradável e seguro, com serviços e produtos de qualidade;

- Sempre ser cordial e quando necessário flexível;

- Dar total atenção ao cliente que está sendo atendido, nunca ficar falando paralelamente com o colega de trabalho ou ao telefone;

- No horário marcado estar pronto com o material disponível;

- Respeitar todo tipo de diferença;

- Tratar a todos de mesma forma;

- Entre falar e ouvir prefira escutar mais seu cliente, sendo sempre imparcial principalmente em assuntos polêmicos, delicados ou mesmo particulares;

- Nunca dar conselhos pessoais (não conhecendo muito bem seu cliente);

- Procure deixar o cliente tranquilo quanto à nudez. Ajude- o a perceber que o ato de se despir não o deixará constrangido. Quando temos postura sabemos lidar com essa condição naturalmente;

- Respeite a dor de cada cliente, para cada um o limiar de dor é muito diferente, então nunca fale de maneira que o cliente sinta desprezo na dor que está sentindo;

- Explique ao cliente o procedimento que irá realizar; o que vai depilar primeiramente;

- Para referir se a partes a serem depiladas use termos mais técnicos como (axilas, nádegas, ânus, virilha) jamais termos vulgares;

Ao se deparar com tatuagens, cicatrizes, celulite, estrias na pele, não comente sobre, pois pode causar constrangimento ao cliente.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Seja um colunista

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

ARTIGOS RELACIONADOS

;