A Arte como forma de Expressão

A Arte como forma de Expressão
COTIDIANO

Dentre os inúmeros meios e formas de expressões corporais e intelectuais que podemos nos utilizar para expressarmos os nossos pensamentos, as nossas emoções, as nossas críticas construtivas e até mesmo, os nossos sonhos ou devaneios, encontra-se a arte.



É na arte da música, na arte da poesia, na arte da literatura, da pintura, da dança ou do teatro (principalmente) que milhares de pessoas em todo o mundo encontram o seu espaço para se expressarem e manifestarem de forma positiva, os seus sonhos, projetos e obras pessoais.



Um poeta transforma em poesia os seus pensamentos e opiniões sobre tudo o que achar que seja um bom tema. O músico transforma em canções as suas composições. O pintor transforma em gravuras as suas imaginações. O ator representa as mais diversas expressões artísticas do teatro da vida e o dançarino representa na dança os mais belos e sutis movimentos da arte.



Por que, então, não apoiar e incentivar as pessoas que vivem desse tipo de expressão e todas àquelas outras que são as suas seguidoras?



Por que não admirar as pessoas que externam ao mundo a alegria de suas maravilhosas expressões artísticas, como meio de incentivá-los ainda mais?



Afinal, todos somos capazes de representar, dançar, pintar, escrever um livro ou uma poesia e até mesmo pintar uma gravura, mas ninguém será tão autêntico quanto àqueles que já nascem com esse dom.



Por isso, o incentivo às pessoas que querem desenvolver uma dessas formas de expressão, é de fundamental importância para os seus intelectos, pois ao saberem que estão sendo notadas através de suas artes, todas se sentirão importantes para si mesmas e continuarão sem parar a busca por suas identidades artísticas.



Muitos atores de teatro e de televisão, cantores, escritores, poetas, músicos e dançarinos famosos, começaram as suas carreiras simplesmente no anonimato. Com o passar dos anos, porém, através de seus aperfeiçoamentos, foram sendo reconhecidos pelo público que passou a aplaudir e admirar os seus trabalhos.



Acredito, eu, que em vez daquela famosa matéria “ Educação Artística”, o governo brasileiro deveria incentivar mais os professores que se dedicam a ensinar esta matéria escolar, para que seus alunos pudessem realmente aprender e fazer uso dessa grande forma de expressão.



Frankc José de Andrade Medeiros
Idade: 48 anos Profissão: líder de produção atualmente desempregado e corretor de imóveis. Qualidades: pontualidade, assiduidade, comprometimento com a qualidade e com o serviço. Defeito: ser sincero demais Hobby: Escrever poesias com temas diversos Sonho: Terminar a faculdade editar o meu acervo de poesias e um livro intitulado Menores Abandonados Escolaridade: 2º ano de Administração de empres
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER