Taquicardia atrial multifocal

Taquicardia atrial multifocal
ENFERMAGEM
É uma forma rara de taquicardia, ocorrendo principalmente em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), em portadores de diabetes, na insuficiência cardíaca, no pós-operatório com anestesia geral, quando a hipóxia pode ter papel importante, em pacientes idosos e, raramente, em crianças.

No eletrocardiograma as ondas P são geralmente apiculadas, separadas por linha isoelétrica, com pelo menos três morfologias distintas, e frequência variável entre 100 e 130 batimentos por minuto.

O intervalo PR é modificado com a frequência atrial e bloqueios atrioventriculares de graus variáveis podem ser documentados. Não é incomum o registro de fibrilação ou flutter atrial paroxístico entre os episódios de taquicardia atrial.

Raramente, a intoxicação digitálica está implicada na gênese desta arritmia. Os adultos, na maioria das vezes, são sintomáticos, devido à cardiopatia ou doenças pulmonares de base.

O tratamento deve ser dirigido às doenças subjacentes apresentadas pelos pacientes. Em pacientes com doenças pulmonares, deve-se administrar oxigênio, melhorar o estado ventilatório e tratar a infecção. A teofilina, utilizada no tratamento destes pacientes, pode estar envolvida na origem da taquicardia atrial multifocal, e sua dose deve ser reduzida ou o seu uso interrompido.

Evitar administração digital, já que, a predisposição para intoxicação parece ser maior devido à hipóxia ou condição hemodinâmica subjacente.

A frequência ventricular poderá ser controlada com verapamil ou diltiazem. A amiodarona parece oferecer resultados satisfatórios, em alguns casos, tanto para controle da frequência cardíaca como tentativa de reversão, porém antiarrítmicos do grupo I são ineficazes no tratamento deste tipo de taquicardia.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER