Força de Negociação dos Fornecedores Impacta no Consumidor Final

Força de Negociação dos Fornecedores Impacta no Consumidor Final
ADMINISTRACAO
Podemos considerar que um fornecedor exerce força superior na negociação quando:
• Oferece produto com qualidade superior à dos concorrentes;
• Quando conhece a demanda do mercado e os compradores estão com os estoques baixos;
• Quando há poucas opções de escolhas de compra (domina o mercado);
• Quando seus preços são mais competitivos;
• Quando não existem produtos substitutos;
• Quando o volume de vendas para os compradores exerce pouco impacto nos seus negócios.
Na análise estratégica da concorrência deverá haver um amplo diagnóstico, contemplando não somente o segmento específico de atuação (concorrentes diretos) mas a identificação e analisar os concorrentes indiretos. Por exemplo: As empresas de televisão competem para o atendimento das necessidades e desejos dos milhares de clientes (diretos), entretanto a internet cada vez mais tem procurado oferecer serviços que os clientes (indiretos) só encontravam na televisão, filmes por exemplo.

As barreiras dificultam a possível entrada de uma empresa em algum setor de seu interesse.

A seguir são apresentados alguns exemplos dessas barreiras:
• Economia de escala;
• Diferenciação de produtos ou serviços;
• Magnitude do investimento requerido;
• Custos de troca de fornecedor;
• Acesso a canais de distribuição;
• Desvantagens de custo independente de escala;
• Políticas governamentais;
• Análise da concorrência.

Na investigação dos concorrentes, é importante analisar o nível de satisfação dos clientes, mix de produtos, nível de investimentos, market share, nível tecnológico, metodologia dos processos utilizados, parcerias com os fornecedores, estratégias de precificação, qualidade dos produtos e serviços.

Essas e outras questões não serão de fácil investigação, entretanto é importante que sejam amplamente pesquisadas para que deem condições para a tomada de decisões.

As turbulências do mercado trazem algumas tendências evidentes, como: escolas virtuais concorrendo com escolas tradicionais, DVDs em concorrência com os cinemas e varejo eletrônico (e-commerce) disputando com varejo tradicional.

Essas tendências estão surgindo em função das tendências tecnológicas, mudanças crescentes das necessidades e desejos dos consumidores, legislação e disponibilidade de recursos financeiros.

O estudo das forças atuantes na concorrência tem o objetivo de identificar as potencialidades existentes na empresa para se antecipar aos movimentos estratégicos dos concorrentes, de modo a criar vantagens competitivas nos negócios da empresa.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Seja um colunista
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER