Exportação e importação: Qual a diferença e quais suas vantagens?

Exportação e importação: Qual a diferença e quais suas vantagens?
COTIDIANO

Exportar: significa a saída de um produto ou mercadoria de um país para o outro. Por exemplo: O Brasil vende o algodão para a China.

Importar: É quando um país compra mercadorias ou produtos originados de outro país. Por exemplo: O Brasil compra o gás natural da Bolívia.

Quais são as vantagens de uma exportação:

  • Maior produtividade: Aumenta a escala de produção;
  • Diminuição da carga tributária: A empresa pode compensar o recolhimento dos impostos internos na exportação;
  • Aperfeiçoamento dos recursos humanos: As empresas que exportam podem oferecer melhores salários e treinamentos para seus funcionários;
  • Aperfeiçoamento dos processos industriais: Melhora a qualidade e a apresentação de seus produtos. A empresa também passa a ter melhores condições para as competições internas e externas;
  • Aumento da capacidade inovadora: As empresas que exportam passam a ter tendências inovadoras em relação as não exportadoras;
  • Imagem da empresa: A empresa passa a ser referência tanto em seu país quanto no exterior;

Vantagens da importação:

  • Baixo custo de aquisição da moeda em relação ao país comprador;
  • Incentivo do governo federal para a importação;
  • Variação cambial favorável à importação;
  • Baixa agregação de mão de obra;
  • O tempo de importação passa a ser menor que o tempo de fabricação nacional.

Importar e exportar são fatores importantes para a economia de qualquer país, principalmente para os desenvolvidos e subdesenvolvidos.

Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Confira o curso de Planejamento Tributário. Conheça nosso portfólio de cursos na área de Administração e Gestão.

Elizeu Ribeiro
Estagiario na empresa Portal Educação Estudante de Jornalilsmo
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER