Imunização Ativa e Imunização Passiva

Imunização Ativa e Imunização Passiva
COTIDIANO
Com todo esse debate sobre Coronavírus, vacinas e imunizações, com certeza, você deve ter ouvido falar de imunização ativa e imunização passiva.
 
Mas qual a diferença entre elas?
 

Imunização Ativa

Basicamente, a imunização ativa ocorre quando o próprio sistema imune do indivíduo, ao entrar em contato com uma substância estranha ao organismo, responde produzindo anticorpos e células imunes (linfócitos T).
 
Esse tipo de imunidade geralmente dura por vários anos, às vezes, por toda uma vida.
 
Os dois meios de se adquirir imunidade ativa são contraindo uma doença infecciosa e a vacinação.
 
Portanto, quando se fala de imunizar a população por meio de uma vacina ou, até mesmo, do contágio, está se falando de imunização ativa.
 
Indiferente o procedimento de confecção da vacina ou o laboratório que a produz, esse método sempre se configura como uma imunização ativa e nunca como uma imunização passiva.
 
Por isso, quando você finalmente for tomar a sua tão sonhada vacina contra o Coronavírus, saiba que está fazendo uma imunização ativa.
 
Vale destacar, que alguns vírus, como o da gripe, possuem uma taxa de mutação muito alta, por isso, é possível uma pessoa pegar gripe várias vezes ao ano.
 
Porque, na verdade, ela está contraindo uma gripe diferente cada vez.
 

Imunização Passiva

A imunização passiva é obtida pela transferência ao indivíduo de anticorpos produzidos por um animal ou outro ser humano.
 
Esse tipo de imunidade produz uma rápida e eficiente proteção, que, contudo, é temporária, durando em média poucas semanas ou meses.
 
Ela subdivide-se em:
 
  • Imunização passiva natural;
  • E, imunização passiva artificial.
 

Natural

A imunidade passiva natural é o tipo mais comum de imunidade passiva, sendo caracterizada pela passagem de anticorpos da mãe para o feto por meio da placenta e também pelo leite.
 
Essa transferência de anticorpos ocorre nos últimos dois meses de gestação, de modo a conferir uma boa imunidade à criança durante seu primeiro ano de vida.
 

Artificial

A imunidade passiva artificial pode ser adquirida sob três formas principais:
 
  • A imunoglobulina humana combinada;
  • A imunoglobulina humana hiperimune;
  • E o soro heterólogo.
 
A transfusão de sangue é uma outra forma de se adquirir imunidade passiva, já que, virtualmente, todos os tipos de produtos sanguíneos contêm anticorpos.
 

Dica de curso

E para você que deseja saber mais sobre o assunto e se especializar cada vez mais, uma ótima dica de curso é Procedimentos Técnicos em Sala de Vacina.
 
Nele você irá aprender a correta aplicação do medicamento e, consequentemente, para o tratamento do paciente. 
 
Você também irá aprender os tipos de vacinas e seus métodos de conservação e aplicação.
 
Com certeza um curso que não pode faltar no seu portfólio com as demandas atuais.
 
 
 
Nele, o aluno irá aprender como se prevenir das infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS) que podem ser adquiridas durante o atendimento ao paciente em serviços de saúde e que constituem um sério problema de saúde pública.
 
E, por incrível que pareça, isso é extremamente comum, figurando entre os eventos adversos mais frequentes em hospitais.
 
A implantação de medidas de prevenção é capaz de prevenir grande parte destas infecções, resultando em melhora da qualidade da assistência, diminuição em morbi-mortalidade e redução de custos diretos.
 
Com certeza esse é um curso que lhe garantirá uma maior segurança no seu trabalho e pode evitar aborrecimentos desnecessários e até questões piores.
 
Por isso, indicamos ele como um curso que não dá pra perder.
 
 
Além disso, estamos com uma super promoção com descontos de até 70%, junto ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo -  HCFMUSP, que é reconhecido pelo pioneirismo e excelência no ensino e pesquisa no Brasil e no mundo.
 
Essa promoção vai até o dia 20 de janeiro de 2021. Então não perca tempo!
 
 
Esperamos que tenha gostado do artigo e que possamos sempre lhe auxiliar a se qualificar e se tornar um profissional cada vez melhor.
 

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER