Sacolas Plástica x Meio Ambiente: Como re(agir)?

Sacolas Plástica x Meio Ambiente: Como re(agir)?
BIOLOGIA
O plástico, hoje, está em quase tudo o que conhecemos, em quase todos os produtos que usamos diariamente, da cadeira ao automóvel, do computador ao calçado, ou ainda, protegendo ou mantendo os produtos frescos e limpos. Estamos tão acostumados com ele, que parece que sempre convivemos com os plásticos, mas faz pouco mais de 50 anos que ele apareceu em nossas vidas, para ficar. Hoje nossos rios, lagos, fundo de vales, nossos mares, estão tão poluídos com o plástico, que talvez esteja na hora de repensar o custo x benefício desta praticidade.

Segundo os dados contidos no site Funverde, o mundo consome 1 milhão de sacos plásticos por minuto, o que significa quase 1,5 bilhão por dia e mais de 500 bilhões por ano. É o resíduo que mais polui as cidades e campos. Prejudica a vida animal, entope a drenagem urbana e rios, contribuindo para inundações. A cada mês, 1 bilhão de sacos plásticos são distribuídos pelos supermercados no Brasil.

Muito se discute sobre o uso correto das sacolas plásticas. Em alguns estados brasileiros, já foram criadas Leis que exijam o uso das sacolas “oxi-biodegradáveis”, Elas levam bem menos tempo para a decomposição e não agridem tanto a natureza. A composição do plástico oxi-biodegradável acelera a degradação, sem causar impactos ambientais onde seu tempo de deteorização na natureza é de aproximadamente 18 meses, contra 400 anos de uma sacola normal.

Há também a possibilidade de se substituir as sacolas plásticas por sacolas retornáveis ou sacolas ecológicas (ECOBAG) tão divulgadas na Internet e em propagandas na televisão. Mas então surge uma questão? Qual é o meio mais viável de se acabar com a poluição das sacolas no planeta e o que devemos realmente fazer para contribuir com a preservação e sustentabilidade do nosso mundo?

Bem sabemos, de que dos plásticos não vamos nos livrar, pois é muito útil a nossa vida moderna, mas que tal adotar o uso de uma ECOBAG quando for às compras ou então exigir uma sacola plástica OXI-BIODEGRADÁVEL?

Vamos adotar a ideia dos 3 R’s: Reduzir, Reutilizar, Reciclar. Essa é talvez a melhor maneira de deixarmos uma boa herança para as futuras gerações.

Bruna Maia Medeiros da Fonseca
Graduada em Pedagogia pela UNITAU, especialista em Psicopedagogia Institucional, técnica em Informática Educacional. Atualmente professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER