O valor da informação para a organização

O valor da informação para a organização
ADMINISTRACAO
Com o desenvolvimento tecnológico e a necessidade da empresa buscar o crescimento constantemente, onde o foco é a busca incessante pela informação, a organização passou a ter a internet ou as redes de computadores como seu maior aliado para a sobrevivência neste mercado competitivo. Com o auge da competitividade, a informação passou a ter um valor maior representando assim benéficos para a organização.


A informação é um bem que tem alto valor para a empresa, mas este bem só poderá ser utilizado se for devidamente protegido. A informação protegida proporciona a organização tomar decisões precisas para os seus negócios.


Atualmente, com a grande concorrência existente no mercado, mais do que nunca o mercado totalmente globalizado é necessário ter uma informação sempre mantida em sigilo nos meios empresariais.


Cada empresa mantém sua informação como um meio de ganhar ou somar pontos perante a uma concorrência que o mercado às impõe. Esta informação, que é um conhecimento que a organização adquire através de um processamento de um conjunto de dados, também é a principal ferramenta adquirida que dispões de um grande valor de mercado.


No passado, antes do advento tecnológico, as informações ficavam guardadas de várias formas: impressas ou escritas em papel, em mente com o próprio proprietário ou com pessoas de confiança e na maioria das vezes guardadas como um amontoado de papéis arquivados em grandes armários. Hoje esta informação, necessita ser armazenada e tratada de maneiras diferentes.


No entanto, podemos dizer que a maneira mais adequada para uma empresa em termos de armazenamento é o uso do meio digital. Exemplo disso são as várias mídias eletrônicas que armazenam e controlam tais informações como: Disquetes, fitas, discos, CDs, DVDs, Cartão de Memória, Pen Drive e outros. Na verdade, a tecnologia deste tipo de dispositivo evolui a cada dia, possibilitando a gravação de uma alta carga de informações em menores estruturas. Fato este é o grande volume de informações trabalhadas no dia a dia, ao valor que ela tem para mercado e as constantes mudanças que sofrem.


Com toda essa importância, a vasta quantidade de informação fez com que as empresas tornassem mais dependentes do processo tecnológico, buscando na informática a dependência de diversos serviços. Essa corrida para cumprir as necessidades fez com que as preocupações e os devidos cuidados com uma estrutura de segurança não fossem seguidos, visto que a vulnerabilidade, o desconhecimento ou a má prática de normas de segurança ainda estão presentes nos dias de hoje.


Portanto, para manter essa proteção é necessário que medidas de segurança sejam tomadas. Os procedimentos, regras ou normas realmente precisam ser utilizados por todos que atuam na organização, independente de que cargo exerce na empresa. Com isso o resultado final será o ganho da organização em manter suas atividades e negócios bem sucedidos. Pois, não podemos considerar a informação como um produto final, mas sim, o ponto de partida que leva a um processo de tomada de decisão.

 

CARUSO, Carlos A. A.; STEFFEN, Flávio Deny. Segurança em informática e de Informações. São Paulo: SENAC/SP, 2006.

Nelson José do Nascimento
Nelson José do Nascimento Brasileiro, casado, email:nascimentonj@oi.com.br Pós-graduado, Engenharia de Sistemas,ESAB,2010 Bacharel em Sistemas de Informação, UNIPAC,2008 Técnico em informática Hardware- Global informática Técnico em eletromecânica, Senai,
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER