Cloridrato de nafazolina: medicamento traz sérios riscos à saúde

Cloridrato de nafazolina: medicamento traz sérios riscos à saúde
FARMACIA
É comum o uso frequente do Cloridrato de Nafazolina como descongestionante nasal. Além disso, há o costume da automedicação e da indicação boca a boca, devido a seu baixo custo, efeito rápido e prolongado na desobstrução das vias respiratórias.


O que muitos não sabem, são os sérios riscos que este medicamento trás à saúde, por isso, seu uso deve ser feito por, no máximo, 3 dias, segundo o código de segurança dos fabricantes, pois ele pode dar origem a um fenômeno conhecido como efeito rebote.


O risco desse efeito é a promoção do uso de longo prazo e o que os usuários não sabem é que se tornam viciados e sofrem o efeito final que é a chamada rinite medicamentosa.



INFORMAÇÕES TÉCNICAS


Nafazolina é um derivado de amônio e é quimicamente conhecido como uma amina simpaticomimética. Ele reage com o sistema nervoso simpático e, especialmente, sobre os complexos nervosos que rodeiam os vasos sanguíneos minúsculos.
Assim, o resultado da sua utilização seria a constrição dos vasos sanguíneos pequenos. Os vasos sanguíneos dilatados podem ser temporariamente encolhidos e, assim, aliviar a congestão das vias nasais. (Fonte: http://centrodeartigo.com)


Segundo especialistas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os descongestionantes que contêm substâncias vasoconstritoras só podem ser vendidos em farmácias e drogarias com receita médica.

Adriana Borges
ADRIANA BORGES, Farmacêutica graduada pela UNICEP (Centro Universitário Central Paulista) São Carlos/SP. Trabalho como Farmacêutico Responsável Técnico em Drogaria.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER