O que é energia geotérmica

O que é energia geotérmica
BIOLOGIA
Energia Geotérmica ou Geotermal é a energia obtida pelo calor do interior da Terra. É uma das mais benéficas fontes de eletricidade, pois além de ser mais barata que a energia obtida por combustíveis fósseis ou usinas nucleares, sua emissão de gases poluentes é muito baixa.

Abaixo da crosta terrestre possui uma rocha líquida, o magma (é formado por rochas derretidas devido ao seu calor) A crosta terrestre flutua nesse magma que pode chegar à superfície terrestre através de um vulcão ou de uma fenda. Após a Terra reter o calor, este é transferido por uma rede de tubos subterrâneos numa bomba de sucção de calor.

Abrem-se buracos fundos no solo até alcançar os reservatórios de água e vapor, e estes são drenados até a superfície terrestre através de tubos. Por meio desses tubos, o vapor é conduzido até a central elétrica geotérmica. Igual a central elétrica normal, o vapor faz girar as lâminas da turbina como uma ventoinha. A energia da turbina é transformada em Energia Elétrica por um gerador.

A diferença dessas centrais é que não é preciso queimar um combustível para produzir a eletricidade. Após passar pela turbina, o vapor é levado a um tanque onde será resfriado.

A água originada será novamente canalizada para o reservatório, onde será naturalmente aquecida pelas rochas quentes.

Os vulcões, as fontes geotermais, as fumarolas e os gêiseres são manifestações dessa fonte energética. O calor da Terra pode ser usado para o aquecimento de edifícios e estufas ou para produção de eletricidade nas centrais geotérmicas. A Energia Geotérmica é não renovável e causa impactos ambientais consideráveis. Suas fontes têm vida útil de exploração considerada baixa.

Gêiseres são jatos de água quente e vapor jorrado na crosta terrestre e têm temperaturas variáveis. Quando a temperatura da água eleva, ela entra em ebulição e jorra a água em forma de gêiser, liberando pressão. Devido às altas temperaturas, surgem lagos e rios de água quente, sendo novas moradias para bactérias e algas.

Quanto maior a profundidade no interior da Terra, mais alta é sua temperatura, (aproximadamente a cada 32 metros de profundidade da crosta terrestre a temperatura aumenta cerca de 1°C), mas há as zonas de intrusões ou câmaras magmáticas, que são áreas onde a temperatura é muito maior. São nessas áreas onde o potencial da Energia Geotermal é mais elevado.

Os testes para a perfuração das fontes são operações barulhentas e o calor perdido das usinas geotérmicas é grande, o que leva a uma elevação da temperatura do ambiente próximo à usina. Isso faz com que suas construções sejam distantes das áreas urbanas.

Devido aos índices de desperdícios que ocorrem quando o fluído geotérmico é conduzido a longas distâncias por meio de dutos, a energia deve ser colocada em uso no campo geotérmico ou próximo deste. Dessa maneira, o impacto ambiental é somente nos arredores da fonte de energia.

No Brasil, ainda não há usinas de geração de eletricidade geotérmica, mas em países como a Nova Zelândia, Estados Unidos, México, Japão, Filipinas, Quênia e Islândia, já existem usinas em funcionamento.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER