Anatomia da tartaruga

Anatomia da tartaruga
BIOLOGIA
A tartaruga é considerada um réptil e pode ser encontrada em vários lugares do mundo como no mar, lagos, lagoas, nas praias e em outros ambientes. Tem a fama de ser lenta, é considerada como um dos animais mais bonitos da natureza e o seu principal atributo é o seu casco. Existem várias espécies de tartarugas no mundo, mas infelizmente, a maior parte dessas espécies está em extinção.


Vemos uma tartaruga, achamos bonitas, interessante e até admiramos o seu jeito tímido de se esconder em baixo do casco quando sente que está em perigo. Você já teve a curiosidade de conhecê-la interiormente ou já fez algum estudo sobre ela? Nesse artigo vamos falar um pouco sobre a anatomia da tartaruga e entender mais sobre suas características.


A anatomia da tartaruga é uma das mais curiosa e difícil de entender, isso se dá por conta do seu casco que carrega sobre as costas.


O esqueleto da tartaruga é constituído por uma maior quantidade de ossos e menor quantidade de cartilagem. Sua medula óssea é a grande responsável por produzir as células vermelhas e brancas do sangue. Além do mais, seu sistema ósseo é dividido em duas partes: o exoesqueleto e o endoesqueleto.

Exoesqueleto: é composto pela carapaça e o palastrão.

Endoesqueleto:
é composto pelos ossos internos e que pode ser dividido em duas partes, o esqueleto axial (crânio, vértebras e costelas) e pelo esqueleto apendicular (membros e bacia). As tartarugas possuem cerca de 40 a 50 vértebras e suas costelas se desenvolve juntamente com as placas costais da carapaça.


Suas pernas curvadas para o lado por conta do palastrão. Outro fator interessante, é que as tartarugas não possuem dentes e sim bicos córneos tanto nas mandíbulas superiores quantos nas inferiores.


Diferentemente de outros répteis, a tartaruga possui o crânio sólido e não possui aberturas temporais, é formado pela junção de vários ossos pequenos que tem como objetivo proteger seu cérebro. Os ossos do pescoço é o grande responsável por compor sua coluna vertebral, sendo assim, o réptil consegue se proteger dentro da carapaça onde as costelas e as vértebras dorsais estarão protegidas pela camada dura de seu casco.


O casco da tartaruga é formado por uma camada de ossos separados e tem como finalidade envolver e proteger o corpo do réptil. Seu casco é composto por 50 ossos e cobertos por 26 placas de queratina. Outra curiosidade interessante do casco da tartaruga, é que ele tem um grande poder de regeneração, por exemplo, caso o mesmo seja atingido por fogo, pedra ou predadores, o casco cresce sobre a área afetada trazendo novamente sua perfeição original.


Esses são alguns pontos importantes da anatomia da tartaruga, mas existem outras curiosidades deste réptil que pode ser conhecida e estudada. Caso tenha interesse, você pode fazer pesquisas em enciclopédias e sites informativos.

Colunista Portal - Saúde
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER