Tipos de Auditoria

Existem dois tipos de auditoria
Existem dois tipos de auditoria

Administração e Gestão

14/12/2012

 Modernamente existem dois tipos de auditoria: contábil e operacional.


A auditoria contábil é um sistema permanente de atividade especializada exercida em uma entidade, compreendendo o conhecimento das leis, normas ou costumes que regem as atividades da entidade, as observações dos controles internos mantidos pela entidade, o exame dos registros contábeis e dos documentos de suas operações, a verificação física dos bens ou valores da entidade, confirmação dos débitos e créditos de terceiros que transacionam com a entidade.


A auditoria operacional é um sistema permanente de atividades especializadas exercidas em uma entidade compreendendo: coleta de dados, análise, cálculos, etc.


Normas de Auditoria
São regras estabelecidas pelos órgãos reguladores da profissão contábil com o objetivo de orientar e fornecer diretrizes aos auditores independentes. Em se tratando de normas gerais e não específicas, elas se assemelham em todas as fases, diferenciando apenas no detalhamento que possa apresentar devido à evolução profissional e surgimento de novas circunstâncias a serem integradas no exercício da função do auditor.


Nos países mais desenvolvidos economicamente caracterizou-se o agigantamento das empresas devido ao permanente crescimento de economia, formando a partir daí a necessidade de um controle mais rígido, estabelecendo assim, as normas de auditoria a serem seguidas.


Sendo estas diretrizes os requisitos a serem observados e acompanhados no desempenho do trabalho de auditoria. As normas reconhecidas e subscritas pelos membros do instituto de auditores independentes do Brasil.


a) Normas relativas á pessoa do auditor. A auditoria deve ser executada por pessoa legalmente habilitada, cujo registro é no conselho regional dos contabilistas.

Segundo Hilário Franco e Ernesto Marra em Auditoria Contábil, Editora Atlas S/A, 2002:

O auditor deve ser independente em todos os assuntos relacionados ao seu trabalho; O auditor deve aplicar o máximo de cuidado e zelo na realização do exame e na exposição de sua conclusão.

b) Normas relativas á execução do trabalho. O trabalho deve ser adequadamente planejado executado e convenientemente supervisionado pelo auditor responsável.

Segundo Hilário Franco e Ernesto Marra em Auditoria Contábil, Editora Atlas S/A, 2002:

O auditor deve estudar e avaliar o sistema contábil e o controle interno da empresa, com base para determinar a confiança que neles possa depositar bem como fixar a natureza, a extensão e a profundidade dos procedimentos de auditoria a serem aplicados; Os procedimentos de auditoria devam ser estendidos e aprofundados até a obtenção dos elementos comprobatórios necessários para fundamentar o parecer do auditor.


c) Normas relativas ao parecer. Este é onde o auditor deve relatar toda sua opinião, relatando o que apurou, e avaliar a situação da empresa.

Normas de auditoria geralmente aceita, os exames são efetuados de acordo com as normas seguindo os determinados dados:

Se as demonstrações contábeis foram preparadas de acordo com os princípios de contabilidade geralmente aceitos, e estes foram aplicados no exercício examinado em relação a exercícios anteriores.

Salvo declarações em contrário entende-se que o auditor considera satisfatórios os elementos contidos nas demonstrações contábeis examinadas e nas notas explicativas que as acompanham.


O parecer deve expressar deve expressar a opinião do auditor sobre as demonstrações contábeis tomadas em conjunto. Em todos os casos, o parecer deve conter indicações claras e precisas da natureza do exame e do grau de responsabilidade assumidas pelo auditor.

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.


Colunista Portal - Educação

por Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Portal Educação

PORTAL DA EDUCAÇÃO S/A - CNPJ: 04.670.765/0001-90 - Inscrição Estadual: 283.797.118 - Rua Sete de Setembro, 1.686 - Campo Grande - MS - CEP 79002-130