artigo

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008 - 19:45

Tamanho do texto: A A

Genética veterinária on-line

por: Colunista Portal - Educação

Por Roberta Rollemberg

A genética é o ramo da biologia que estuda a hereditariedade, ou seja, como as características passam de geração em geração. Esta ciência também estuda o modo de expressão das características nos indivíduos e na população.

As proteínas são responsáveis pela manifestação de todas as características nos seres vivos. Cada grupo de células é responsável por uma função específica, contendo milhares de proteínas diferentes que trabalham em conjunto para fazer a célula funcionar.

Para que uma mesma proteína seja fabricada diversas vezes é necessário que o organismo disponha de um “livro de receitas” para sintetizá-la; esse manual para fabricação de proteínas na maioria dos seres vivos é chamado de DNA – Ácido Desoxirribonucleico.

Curiosidade

Uma porção de bife clonado, por favor?

Pra muitos profissionais do agronegócio, parece bem promissora a idéia de se trabalhar com animais clonados. Afinal, qual o produtor que não gostaria de eternizar - e multiplicar - a excelente produção da Mimosa, responsável por mais de 30 litros de leite por dia? Ou daquele boi de performance invejável quanto ao ganho de peso em um curto espaço de tempo? Enfim, os melhores índices de produção estariam aparentemente garantidos, para sempre, nessa espécie de atalho genético, sem a necessidade de se recorrer aos processos de seleção, bem mais demorados. Uma verdadeira fábrica de elite à serviço dos produtos de origem animal - carne, leite, ovos, lã e outros mais.

No entanto, esse é mais um cenário onde a ciência interfere no curso natural de algum processo biológico. E, como não poderia deixar de ser, provoca olhares desconfiados quanto à segurança dos alimentos oriundos desses animais. Os mesmos poderiam chegar sem restrições à mesa do consumidor? Existem estudos que comprovam a inocência desses alimentos?

No intuito de gerar respostas à essas questões, o FDA, órgão regulador de alimentos e fármacos dos Estados Unidos, empreendeu um estudo, fundamental para se discutir a viabilidade comercial dessa nova classe de produtos. As conclusões vieram a público nessa última terça, em um relatório de 968 páginas, na forma de sinal verde para o consumo dos alimentos gerados a partir dos animais clonados. Segundo esse documento, um bife da cópia, por exemplo, terá a mesma qualidade e segurança do original. O mesmo vale para o consumo de leite e ovos. Xerox sem contra-indicações. Sem necessidade de rótulos especiais nas prateleiras do supermercado.

Mesmo assim, ainda existe um longo caminho para os entusiastas da clonagem aplicada ao agronegócio. Além das limitações tecnológicas para que isso vire rotina, é preciso apagar a má impressão que os animais clonados têm junto ao público, vistos como aberrações cheias de "defeitos de fabricação". O mais famosos deles, a ovelha Dolly, se notabilizou por um envelhecimento precoce, inexistente no original. Por mais que existam exemplos de sucesso nessa área, de animais clonados que levam uma vida saudável e de envelhecimento normal, a atenção ficará mais depositada nos "defeitos de fabricação". E com alguma razão. Afinal, se é algo que pode vir a freqüentar a nossa mesa, que os esclarecimentos sejam feitos à exaustão, sem que a população termine como cobaia.


***************

E por falar nisso:

* Embrapa apresenta segundo bezerro de clone bovino: essa notícia, de outubro de 2006, apresentou Galante, o segundo filho do primeiro clone bovino da América Latina, a vaca Vitória. Um exemplo de que é possível um clone gerar descendentes, naturalmente.

Escrito por Marcelo Hernandes

Conheça o melhor curso à distância de genética veterinária.

Acesse aqui: http://www.portaleducacao.com.br/educacao/cursos/cursos_detalhes.asp?id=129

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Veterinária

ASSINE E RECEBA GRÁTIS

e-Book
livro digital

Grátis um e-book mensalmente. Assine já e receba o e-book: INGLÊS PARA
NEGÓCIOS

Top10
Artigos

Receba e leia os principais artigos sobre diversos
temas. São mais de 30 áreas!

Palestras online

Assista palestras ao vivo toda quinta-feira e veja as dezenas de palestras gravadas em várias áreas

Lições de inglês

Atividades totalmente interativas para você exercitar o seu
inglês!

e-Revista
revista digital

Todo trimestre, uma nova edição sobre os principais temas de cada área. Boa leitura!