artigo

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012 - 11:28

Tamanho do texto: A A

Psicologia Infantil: O universo da criança pré-escolar

por: Vanessa Ebeling

O universo da criança pré-escolar
O universo da criança pré-escolar
Do ponto de vista psicológico e de desenvolvimento a criança na idade pré-escolar, apresenta notável progresso em relação às habilidades motoras, linguagem e funcionamento cognitivo. Nesta fase a criança já é capaz de perceber o quanto é diferente do outro e manifestar de forma evidente e clara suas características pessoais em relação as preferências, atitudes, formas de pensar e sentir. Estabelece seu próprio estilo de relacionar-se com o meio e adaptar-se ao mesmo, adquirindo novas características que contribuem para a formação de sua personaliade. É uma etapa caracterizada por diferentes motivações e ansiedades relacionadas às  descobertas, curiosidades e identificação sexual.

Comportamento Dependente
É comum a criança manifestar formas de comportamento dependente, buscando atenção, ajuda, reconhecimento, aprovação, confiança, afeto e apoio, neste caso, quando estas necessidades básicas não são supridas, há grandes possibilidades de um amadurecimento precoce. O amadurecimento precoce é o recurso que a criança encontra para lidar com os “vazios” não preenchidos por suas necessidades básicas, conflitos e traumas não elaborados e resolvidos.

Ambientes ansiogênicos, o isolamento social e a falta de incentivo à autonomia (dentro dos limites previstos), contribuem de forma significativa para o comportamento de dependência por parte da criança. Entre as tarefas comportamentais, espera-se que a criança na idade pré-escolar tenha certa confiança e capacidade de vestir-se, cuidar de sua higiene, resolver problemas menores sem ajuda, iniciar e completar algumas atividades e ser capaz de brincar sozinha sem supervisão constante. Se a mão for carinhosa, receptiva e protetora ao encorajar a independência e autonomia, seu filho estará motivado a ser mais autoconfiante, diminuindo comportamentos excessivamente dependentes.

O desejo de solucionar problemas e a construção de habilidades e capacitações, pode-se desenvolver cedo, em consequência de reforços e encorajamento dos pais, aos esforços feitos pela criança para ser independente. As crianças altamente motivadas para realizações intelectuais copiam frequentemente os adultos em seus jogos e são possivelmente aceitas como líderes pelas demais crianças. A forte motivação para a realização tende a ser contínua, desde o período de pré-escolaridade até a adolescência e a idade adulta.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Vanessa Ebeling

Psicóloga Clinica - Especialização em Psicoterapia de Técnicas Integradas pelo Instituto Fernando Pessoa ( em curso ) . Experiência na área hospitalar com pacientes oncológicos e pediátricos. Experiência clinica com dependentes químicos e pacientes em situação de crise. Atuação clinica em consultório particular: atendimento individual, familiar e casal. Grupos educativos e terapêuticos.

Psicologia