artigo

segunda-feira, 8 de abril de 2013 - 10:09

Tamanho do texto: A A

Componentes Básicos do Planejamento de Ensino

por: Colunista Portal - Educação

Os objetivos educacionais são as metas e os valores mais amplos
Os objetivos educacionais são as metas e os valores mais amplos
O planejamento de ensino possui componentes básicos que são: os objetivos, o conteúdo, procedimento de ensino, recursos de ensino e avaliação.

O objetivo é a descrição clara do que se pretende alcançar como resultado da atividade e são sempre do aluno e para o aluno. Esses objetivos são divididos em educacionais e instrucionais. Os objetivos educacionais são as metas e os valores mais amplos que a escola procura atingir. Já os objetivos instrucionais são proposições mais específicas referentes às mudanças comportamentais esperadas para um determinado grupo-classe.

Segundo Piletti (1991), para manter a coerência interna do trabalho de uma escola, o primeiro cuidado que devemos ter é selecionar os objetivos instrucionais que tenham correspondência com os objetivos gerais das áreas de estudo que, por sua vez, devem estar coerentes com os objetivos educacionais do planejamento de currículo; e os objetivos educacionais, consequentemente, devem estar coerentes com a linha de pensamento da entidade à qual o plano se destina.

O conteúdo refere-se à organização do conhecimento em si com bases nas próprias regras, além de abranger as experiências educativas no campo do conhecimento, devidamente selecionadas e organizadas pela escola. Sendo assim o conteúdo é o instrumento básico para se atingir os objetivos.

Contudo alguns cuidados devem ser tomados em relação aos conteúdos como:
- o conteúdo selecionado precisa estar relacionado com os objetivos definidos. Devemos escolher os conhecimentos indispensáveis para que os alunos adquiram os comportamentos fixados;

- um bom critério de seleção é a escolha feita em torno de conteúdos mais importantes, mais centrais e mais atuais;

- o conteúdo precisa ir do mais simples para o mais complexo, do mais concreto para o mais abstrato.

O procedimento de ensino são ações, processos ou comportamentos planejados pelo professor para colocar o aluno em contato direto com as coisas, fatos ou fenômenos que lhes possibilitem modificar sua conduta, em função dos objetivos previstos (TURRA, 1982).

O professor, ao planejar sua aula, deve utilizar-se de técnicas de ensino, que são maneiras específicas de provocar a atividade dos alunos durante o processo de aprendizagem. Ao planejar os procedimentos de ensino, não basta fazer uma listagem de técnicas que serão selecionadas como aula expositiva, trabalho dirigido, entre outros, e sim o professor deve prever como utilizar o conteúdo selecionado com a finalidade de atingir os objetivos propostos.

Os procedimentos não são apenas uma coletânea de técnicas isoladas. Eles têm uma abrangência mais ampla, pois envolvem todos os passos do desenvolvimento da atividade de ensino propriamente dita. Os procedimentos de ensino selecionados pelo professor devem ser diversificados; estar coerentes com os objetivos propostos e com o tipo de aprendizagem previsto nos objetivos; adequar-se às necessidades dos alunos; servir de estímulo à participação do aluno no que se refere às descobertas e apresentar desafios (PILETTI, 1991).

Os recursos de ensino são os componentes do ambiente da aprendizagem que dão origem à estimulação para o aluno e se classifica em dois tipos: os recursos humanos e os recursos materiais.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Educação e Pedagogia