CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Imunonutrição - resultados clínicos

Artigo por Colunista Portal - Educação - quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Tamanho do texto: A A

Os pacientes submetidos a cirurgias estão sujeitos a complicações
Os pacientes submetidos a cirurgias estão sujeitos a complicações

Apesar dos avanços terapêuticos para tratamento do paciente crítico, a infecção, sepse e falência de múltiplos órgãos ainda representam a maior causa de mortalidade, eventualmente associada à imunossupressão. Pela forte relação entre nutrição e imunidade, já comprovada na literatura clínica, o uso de nutrientes específicos visando à restauração e manutenção da resposta imune é cada vez mais freqüente, tanto com nutrientes isolados quanto em formulações (FERREIRA, 2007). Neste tópico, serão apresentados os resultados dos principais estudos que avaliaram a eficácia das dietas imunomoduladoras em diversas situações clínicas.



Os pacientes submetidos a cirurgias estão sujeitos a complicações pós-cirúrgicas incluindo: infecções, recuperação lenta, extensa permanência em leito e consequente aumento das despesas hospitalares. O controle pró-ativo da infecção é um foco recente na prática médica. O método envolve o tratamento pré e pós-operatório, e tem mostrado redução efetiva das complicações e diminuição dos custos do tratamento como um todo (BAXTER, 2007).



DALY et al. em 1992, estudaram um total de 85 pacientes no pós-operatório de câncer do aparelho digestivo. Esses pacientes foram divididos em 2 grupos, que receberam dieta suplementada com imunonutrientes ou dieta padrão após a cirurgia. O grupo observou melhora no balanço nitrogenado, na cicatrização e redução na quantidade de complicações infecciosas e tempo de internação no grupo suplementado.



BRAGA e sua equipe (2002) estudaram os efeitos da nutrição enteral em pacientes com câncer do trato gastrointestinal, submetidos à cirurgia gastrointestinal de grande porte. Os pacientes foram divididos em três grupos. O primeiro grupo recebeu por 5 dias anteriores à cirurgia, dieta imunomoduladora e no pós operatório, solução de glicose e eletrólitos; segundo grupo recebeu dieta imunomoduladora antes e depois da cirurgia e o terceiro grupo não recebeu nenhuma suplementação antes da cirurgia e após a cirurgia, solução de glicose e eletrólitos. Os autores verificaram que a suplementação pré-operatória é tão eficaz quanto a perioperatória (que abrange os períodos pré e pós-operatório) nas melhorias de parâmetros clínicos e que a suplementação traz resultados melhores do que as fórmulas padrão.



A lesão e/ou ferimento causado por um trauma, é a principal causa de morte em pessoas acima de 44 anos, com maior prevalência nos homens. As pneumonias, infecções abdominais e no ferimento, são os tipos mais comuns de infecções no paciente com trauma.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.